Resenha: Cidade de vidro, Cassandra Clare

26 de junho de 2014

Título: Cidade de Vidro
Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
ISBN: 9788501087164
Ano: 2011
Páginas: 474
Tradutora: Rita Sussenkid
Sinopse: Clary está à procura de uma poção para salvar a vida de sua mãe. Para isso, ela deve viajar até a Cidade de Vidro, lar ancestral dos Caçadores de Sombras, criando um portal sozinha. Só mais uma prova de que seus poderes estão mais sofisticados a cada dia. Para Clary, o perigo que isso representa é tão ou menos assustador quanto o fato de que Jace não a quer por perto. Mas nem o fora de Jace nem estar quebrando as regras irão afastá-la de seu objetivo: encontrar Ragnor Fell, o feiticeiro que pode ajudá-la a curar a mãe.

Todas as dúvidas que surgiram no segundo livro, foram solucionadas no terceiro. Pelo menos pra mim. Mas este livro me deixou desesperadamente pelo quarto livro Cidade dos Anjos Caídos. Por que é isso que Cassandra Clare faz comigo, este é o efeito dela sobre mim. Me desesperar.
No quesito aventura a série nunca me decepcionou, se eu fizesse uma lista entre as sagas que possuem mais ação e aventura Os Instrumentos Mortais estaria em segundo lugar (depois de Harry Potter), sem dúvida. O terceiro volume da série tem bastante perigo, bastante "movimento" eu diria. A história nunca para, é um acontecimento atrás do outro. Deixa a leitura bem dinâmica, do jeito que eu gosto!
Em relação ao romance, este foi bem melhor que os outros dois. As dúvidas sobre Clary e Jace se desenrolam e eles descobrem que há muito mais em seu passado do que ser ou não ser irmãos. Tem muito mais coisa que Valentim escondeu e boa parte, eu diria, eles descobrem no decorrer da história. Me satisfez bastante e me emocionei muito com as cenas amorosas entre os dois. Mas em momento algum o romance deixa a história tediosa, pelo contrario. Faz tudo ficar mais interessante.
Cada pontinho desnecessário nos quais eu achei que foram os erros de Cassandra no segundo livro, ela compensou agora. Concertou cada buraquinho e me convenceu realmente de que a série é maravilhosa. (Não que o segundo livro seja ruim PORQUE É MARAVILHOSO mas o terceiro sem dúvidas é melhor).  Esclareceu bastante coisa.
Mas não foi fácil, Jace e Clary não se dão bem a toda hora se foi isso que eu deixei vocês pensando. Eles se dão mal pra caramba, se ferram e se encrencam bastante pra depois... Ficar tudo bem e depois tudo mal de novo e só no final as coisas se acertam. Com um final épico, aliás.

Estou realmente maravilhada e empolgada com a história, não vejo a hora de poder ler o próximo. E se vocês ainda não começaram ler Os Instrumentos Mortais não sabem o que estão perdendo!

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.