Dica de Leitura: Quando Nietzsche Chorou - Irvin D. Yalom

27 de julho de 2014
   Boa noite gente. O quão favorável é, ler um livro tão impressionante em um domingo com frio, debaixo das cobertas e acompanhado por uma xícara de chá? 
   Hoje eu terminei o livro Quando Nietzsche Chorou, que acredito ter grande valor e peso em minha futura carreira como psicóloga. Tanto quanto acredito ter feito uma mudança notável na minha percepção das coisas e no modo como eu encaro alguns assuntos, escolhas e fatos. 
   A história se passa em Viena, traz ao leitor grandes nomes como Sigmund Freud, Friederich Nietzsche e Josef Breuer em um anglo interessante, com diálogos maravilhosos e pensamentos que literalmente são divisores d'água. Abrem caminhos e nos ensinam como encarar, aceitar e conviver com nossas escolhas feitas durante a vida.



   Eu realmente recomendo o livro, porém não ouso tão prematuramente fazer alguma resenha ou comentário a mais sobre o mesmo. Tudo o que poderia ser dito, já disse: realmente mudou a forma com que eu vejo algumas questões.
   Porém não o recomendo apenas para quem deseja seguir como Cientista Social, Psicólogo, Psicanalista ou algum outro ramo da ciência. A leitura deveria ser feita para cada cidadão interessado no saber ou que tenha uma visão diferente das coisas e de como elas acontecem ou por quê.
   Agradeço a Adriana Ronchi, uma pessoa maravilhosa e dona do exemplar, que me emprestou com tanto carinho e já sabia desde o início que eu me apaixonaria por esta leitura. Aliás, Adriana também é uma grande pensadora e quem sabe algum dia vocês verão alguma resenha minha de algum dos futuros livros dela que estão por vir aqui mesmo no blog.

   Citações favoritas:
   O isolamento só existe no isolamento. Uma vez compartilhado, ele evapora.
   Não tomar posse de seu plano de vida é deixar sua existência ser um acidente. 
   Odeio quem me rouba a solidão sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia. 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.