Resenha: A viagem do Tigre - Colleen Houck

4 de julho de 2014
Foto: Kuroneko
Sinopse:Perigo. Desolação. Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor? Em sua terceira busca, a jovem Kelsey Hayes e seus tigres precisam vencer desafios incríveis propostos por cinco dragões míticos. O elemento comum é a água, e o cenário de mar aberto obriga Kelsey a enfrentar seus piores temores.Dessa vez, sua missão é encontrar o Colar de Pérolas Negras de Durga e tentar libertar seu amado Ren tanto da maldição do tigre quanto de sua repentina amnésia.
Título: A Viagem do Tigre | Autora: Colleen Houck | Editora: Arqueiro | ISBN: 9788580411133 | Páginas: 494

     Após conquistarem o poder da Terra (Fruto dourado) e o poder do Ar (Lenço divino) agora Kelsey e seus tigres precisam enfrentar os perigos do mar para encontrar o poder da Água (Colar de Pérolas). Em oceanos completamente distantes de seu lar, eles ão enfrentar aventuras inimagináveis. A autora soube explorar muito bem os perigos aquáticos e trabalhou cada personagem para o seu desenvolvimento. Eles passam por muitos momentos ruins, enfrentam criaturas grandiosamente assustadoras, mas conseguem tirar uma lição de cada desafio. Para seu desafio, eles precisam da ajuda de um professor particular de mergulho, que acaba demonstrando interesse por Kelsey e este foi um dos pontos negativos do livro. Eu já acho suficiente a confusão de Kelsey a respeito de Ren ou Kishan, pra ter que aparecer mais um caído aos seus pés. Parece que todo ser vivo do mundo se apaixona por ela, mesmo sendo uma menina comum do Oregon. 
    Outro ponto negativo é o relacionamento de Kelsey e Kishan, embora ele seja um irmão igualmente merecedor de quebrar a maldição e encontrar um amor para sua vida, eu não acho que este amos seja Kelsey. O relacionamento dos dois faz Ren sofrer porque, embora tenha perdido a memória com os poucos ele aprende a nutrir sentimentos por Kelsey e se reapaixona por ela mesmo não lembrando de nada que viveram juntos. E se pararmos pra pensar, Kelsey ama o Kishan mais como um irmão do que qualquer outra coisa, o livro me passou a impressão de que ela força um sentimento por ele maior do que o que ela realmente sente. 
     Alguns leitores demonstraram desapontamento com Kishan desde o final de O Resgate do Tigre, mas ele não perdeu a memória porque quis, ele teve um propósito para isso. Tem um motivo muito nobre por trás do seu bloqueamento que afasta Kelsey de suas lembranças e o mais interessante é que não vai ser fácil fazer com que isso seja recuperado. Eles descobriram na hora exata, na minha opinião, e foi bem trabalhado este momento. 
     O livro é muito bom, apesar do "mimimi" da personagem principal o livro todo tentando se afastar de Ren mesmo quando ele recupera a memória, mas estão todos bem focados em suas missões e completam as tarefas com muita garra e classe. 
    Os diálogos e poemas apaixonados neste volume estão bem presentes e de tirar o fôlego. Muitas declarações de amor maravilhosas que nos deixa sem saber o que pensar ou falar. É viciante, nos faz querer ler sem parar em momento algum. 
     Não tem muito o que dizer sem dar spoilers pra vocês, mas garanto que vão amar!

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.