DICAS DE FILMES | As Tartarugas Ninjas

21 de agosto de 2014

   Quem é da minha época vai lembrar que, essas quatro tartarugas com nomes de artistas faziam sucesso. O desenho deu tanta saudade que decidiram transformar em uma produção para as telonas e em 3D. O filme foi dirigido por Jonathan Liebesman e lançado no dia 14 de Agosto. Com Megan Fox, Alan Ritchson e muito mais no elenco. Leia a sinopse abaixo e logo depois a minha resenha.

   Como cobaias de um laboratório experimental com tecnologias avançadas, as quatro tartarugas foram usadas por dois parceiros e cientistas que procuravam desenvolver um antídoto. Mas algumas coisas não ocorreram conforme o planejado e as tartarugas foram afetadas por uma substância radioativa.
   Graças a April O'Neil, Rafael; Michelangelo; Leonardo e Donatello sobreviveram a um incêndio junto com um ratinho, também de laboratório, o Mestre Splinter. Cresceram nos esgotos, desenvolveram habilidades em artes marciais todas através de seu Mestre e foram treinados para um dia salvar a humanidade.
    Acontece que, eles não estão preparados para o perigo da superfície, ou pelo menos assim acreditam, e é justo quando uma gangue começa a atacar inocentes em Manhattan. Eles saem escondidos para salvar pessoas e a partir daí tudo vira uma confusão. 

   O filme me fez lembrar de alguns detalhes que eu já havia esquecido. Tem um cenário bem trabalhado, foi fiel a história original das tartarugas e principalmente ao visual das tartarugas que era bem marcante no desenho animado. Não teve mudanças drástica no filme que tenha me decepcionado.
   Em questão de ação, perigo e efeitos especiais o filme também não deixa a desejar. Tem apenas uma hora e meia de produção, mas consegue ser superior aos filmes do Transformers, na minha opinião.
   As cenas são bem divertidas e interessantes. Faz você rir e vibrar ao mesmo tempo e acho que seria decepcionante de outra forma, afinal, no desenho animado as tartarugas eram realmente engraçadas. Por serem adolescentes muitas falas nos fazem dar gargalhadas o tempo todo.
   A única coisa que me decepcionou foi o fato de que o produtor do filme, Michael Bay, que também produziu os filmes dos Transformers, trouxe a mesma atriz que ele havia despedido da franquia (Megan Fox) e cometeram os mesmos erros. Temos ali um objeto sexual e não uma atriz, eles forçam e exploram demais o fator beleza da Megan que, sinceramente, não combina muito com o papel de uma jornalista.
   Não que a Megan seja uma péssima atriz, eu só acho que poderiam ter deixado de lado o fato de ela ser bonita e fazerem com que ela encarnasse o papel de uma jornalista de verdade e uma mulher comum, não uma sex symbol.

Trailer:


Um comentário:

  1. Olá Thaísa!
    Eu assisti semana passada ao filme e ADOREI.
    Apesar de eu ter achado que o foco foi muito mais na Megan Fox do que nas próprias tartarugas, confesso que o filme me surpreendeu e que rachei de dar risada, principalmente com aquela cena do elevador! Se eu pudesse, iria assistir novamente, sauhsausahusahsauahusahsa

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.