PRIMEIRAS IMPRESSÕES | A Playlist de Hayden

21 de março de 2015
Autora: Michele Falkoff
Editora: Novo Conceito
Lançamento: 6 de Abril de 2015
Sinopse: "Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola - o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente.
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos ele descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava." Skoob.


Pontuação:


    A surpresa só estava começando quando o carteiro bateu no portão e me entregou a proposta do livro de estréia da autora. Além da Novo Conceito me surpreender com mais uma história, Michelle Falkoff me surpreendeu por um enredo incrível que começava a se desenrolar naqueles primeiros oito capítulos. E a surpresa não acabou nem mesmo quando eu terminei de ler.
    O primeiro ponto positivo foi a criatividade, a coragem de incluir um suicídio tão triste já logo no começo do filme e fazer com que a trama se encontre ao redor do mesmo. Ao invés de deixar o suicídio pro final, como em alguns outros livros. Depois, a escolha das músicas para a playlist além de um ótimo bom gosto se encaixam perfeitamente com os sentimentos confusos de Hayden e podemos nos sentir mais próximos do personagem.
    Gostei desde o começo por existirem várias pautas no livro que precisam ser tratadas na sociedade com mais cautela e carinho. Milhares de jovens se suicidam todos os dias por bullying; depressão; dentre vários outros fatores que os pais e os professores não percebem. Muitas crianças sofrem caladas diariamente e ninguém percebe. Isso tem de acabar e o fato de Michelle nos trazer isso através do livro, chama a atenção para vários pais, mestres e até mesmo amigos. Dizendo "Oi, eu estou aqui, estou passando por momentos difíceis e preciso de ajuda, mas não consigo pedir". E esta ideia é ótima, porque visa abrir os olhos da sociedade para questões importantes e que acontecem com frequência debaixo de seus próprios narizes e elas não vêem.
    A saúde mental é muito importante e a depressão não é frescura. O suicídio e a tentativa dele não são formas de chamar atenção, mas pedidos desesperados de socorro quando ninguém parece notar ou se importar com os primeiros sinais de sofrimento de alguém. E isso torna o livro muito interessante, mal posso esperar para lê-lo inteiro e descobrir como a história termina e então resenhar ela para vocês. Mas posso garantir que, já nos primeiros capítulos A Playlist de Hayden conquistou seu espaço nos meus favoritos.
   O livro é muito bem escrito, o tema é bem aproveitado em todas suas vertentes e as referências que ele faz a Star Wars te convidam para conhecer mais de perto Hayden e Sam no dia 6 de Abril.

Foto: arquivo pessoal

Follow my blog with Bloglovin

2 comentários:

  1. Que livro lindo!
    Ansiosa pela chegada do meu também :3 Adorei seu blog ♥
    Beijos ♥

    http://leitoresesuasmanias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, o livro é maravilhoso mesmo. Muito obrigada pela visitinha <3

      Excluir

Tecnologia do Blogger.