BLOGAGEM COLETIVA | Músicas que estimulam o amor próprio

9 de abril de 2015

     Vocês já estão acostumados a me verem fazendo playlists, acontece que hoje vai ser um pouco diferente. É uma blogagem coletiva do Me amo assim com um tema super interessante e que tem tudo a ver comigo então, apesar de música não ser o foco do blog, achei que valia a pena escrever sobre isto por aqui. É a minha primeira blogagem coletiva com o grupo, que visa o incentivo às blogueiras e suas leitoras que encontrem razões para amarem a si mesmas e promoverem isto. 
     Não costumo falar de coisas pessoais no blog, mas aproveitei o tema maravilhoso e resolvi falar de algo sério e que muitas outras garotas vivem também: a baixa autoestima; a falta de confiança em si mesma; a insegurança em si que atrapalha o relacionamento com o outro. Eu fui assim durante anos da minha vida e, me encontro agora numa fase de mudanças. Luto pra deixar de lado as minhas inseguranças e medos e manter os monstrinhos da minha cabeça só nos meus sonhos e, ao acordar eu deixo tudo pra trás. Mas é claro que ninguém passa a ser autoconfiante de repente, ninguém acorda se sentindo mais seguro de um dia pro outro, porém, decidir e assumir que algo precisa ser feito é o primeiro passo. 
      Eu tive de sentir os meus medos interferindo nas minhas relações com pessoas que amo, pra perceber que precisava dar um basta nisso, o que foi um acontecimento feliz. Não cheguei a perder nada como muitas mulheres e homens perdem. Casamentos se desfazem; laços de família são interrompidos; empregos são perdidos e muitos outros prejuízos são frutos de uma vida sem amor próprio. Mas como mudar? Como começar a pensar de uma outra forma? Pode ser bobeira, mas algo que me ajudou muito e ainda ajuda é a musica. Letras inspiradoras; canções animadas e que transmitem uma mensagem, algo que eu precise ouvir. E por isso esta fase da minha vida se encaixou perfeitamente no tema sugerido pelo grupo, então escolhi cinco musicas (e não dez, como na playlist) que eu vou citar e explicar como cada uma me ajuda, me deixa mais confiante e estimula o meu amor próprio. 

     Pretty Hurts é a primeira musica e vou lhes dizer o por quê. Beyoncé é um dos maiores ícones da musica pop e, além disso, suas musicas refletem a alma da independência feminina. Mas sua música me tocou porque toca profundamente na ferida, afinal, o primeiro passo para aprendermos a nos amar e cuidar das nossas inseguranças é ASSUMIR que as temos. O que muitas vezes não acontece. Milhares de garotas se escondem atrás de dietas; rostos maquiados; roupas de luxo e esquecem de se aceitarem como são. A beleza machuca, como o próprio nome da música. 
     Quantas vezes já nos permitimos sentir um lixo apenas por pensar que o nosso corpo não é ideal; que deveríamos fazer plásticas; que não podemos sair de casa sem maquiagem. Quantas vezes já não me vi na frente do espelho me lamentando por não ser assim ou assado. Isso é errado, isso tem que acabar. Ter um rosto lindo; vestir o manequim 36; usar maquiagem ou não, não é o que nos faz bonitas. O amor e o carinho que temos por nós mesmas têm de vir de dentro pra fora e não o contrário, por isso esta musica está em primeiro lugar. Que é a aceitação por quem realmente somos.
"Quando você está completamente sozinha e está deitada na sua cama, o reflexo te encara, você está feliz consigo mesma? 
     Who you are não poderia nem de longe ficar fora desta lista. Um dos clipes que mais me toca e me faz sentir vontade de chorar até hoje e que tem uma mensagem importantíssima. Jessie J já foi vítima de bullying na infância e parece saber como é se sentir perdida ás vezes, mas transformou sua vida em música para inspirar garotas que não sabem como lidar com os dias difíceis, e eu realmente não sabia, por isso a música significa tanto pra mim. Como um hino ou algo parecido.
     A ideia de que "está tudo bem em não estar bem" é maravilhosa. Porque me lembra de que muitas das cobranças que sofremos vem de nós mesmas e não das pessoas que nos cercam. Perdemos tanto tempo querendo ser perfeitos que esquecemos de sermos humanos, esquecemos de que "a dor precisa ser sentida" e que existem altos e baixos. Não podemos perder nossas essências querendo ser algo que não somos; basta sermos nós mesmos. 
"Ás vezes é difícil seguir seu coração, mas as lágrimas não significam que você está perdendo. Todo mundo se machuca, basta ser verdadeiro com quem você é".  


     All about that bass é mais animada e sensacional também. Meghan Trainor é dona de curvas que muitas pessoas julgam não ser o corpo ideal, mas a verdade é que não existe corpo ideal além daquele com o qual você se sente bem. Eu sou dona de curvas e este é um dos fatores que eu mais gosto em mim, não me imagino com um corpo de modelo e a musica retrata bem isso. Sou feliz com o corpo que eu tenho e aceito ele da forma como ele é, acho bonito e sei que existem pessoas que gostam também. Essa é a mensagem aqui. Independente de ser magra ou não, goste do teu corpo como ele é, se aceite. E caso não seja o suficiente, faça algum exercício físico ou coisas saudáveis que possam te ajudar a alcançar um objetivo sem prejudicar a saúde. Porque ser magra não é tudo, mas ser feliz em primeiro lugar.
"Eu sei que você se acha gorda, mas eu estou aqui pra te dizer que cada pedacinho de você é perfeito da cabeça aos pés".




     Try na voz de Colbie Caillat é outra canção incrível que se encaixa com o tema e faz com que eu me sinta muito bem. Carrega uma mensagem muito inspiradora e me fez chorar na primeira vez que eu ouvi. Pense consigo mesma "Você se ama com maquiagem, chapinha e tudo bem, mas e se você lavar o rosto? Continua se amando?" Não precisamos nos esforçar tanto pra nos sentirmos bem.
     Claro que ninguém precisa parar de usar maquiagem pra sempre, mas é importante que o amor próprio surja com a nossa cara limpa, Do jeito que nós realmente somos. É uma música que fala sobre pessoas que se perdem no caminho de suas vidas enquanto tentam fazer de tudo pra impressionar outras pessoas, só para serem aceitas na sociedade. O que todos nós sabemos que acontece muito.
"Você não precisa se esforçar tanto, você não precisa entregar tudo, você apenas precisa se levantar, você não tem que mudar nada".
      Warrior ficou por último, mas é minha trilha sonora da vida. Demi Lovato além de minha cantora preferida no mundo todo, tem uma história de vida surpreendente. Acho que todo mundo sabe o que ela teve de enfrentar e enfrentou e superou e inspira milhares de pessoas a fazerem o mesmo.
     Acontece que eu passei por coisas bem parecidas, enfrentei a depressão durante alguns anos duranta a adolescência e até a automutilação fez parte da minha vida. Mas mesmo com os remédios e os tratamentos eu não me sentia completa, demorou muito até eu me recuperar e ainda tenho sequelas, mas todas as vezes que eu me lembro dessas musicas que eu citei, me lembro de histórias como a da Demetria e ouço Warrior eu sei que eu sou uma pessoa saudável hoje e me esforço pra continuar sendo e me amando cada dia mais. Inclusive, tenho uma tatuagem com o nome desta música "Warrior" no antebraço pra que eu nunca me esqueça o quanto isso significa pra mim.
"Eu sou uma guerreira agora, estou mais forte do que jamais fui. E minha armadura é feita de aço, você não pode entrar nela".

10 comentários:

  1. Thaísa, e se seu te disser que meus olhos se encheram de lágrimas com este post?
    Também estou numa fase de autoconhecimento, superação e cultivo do amor próprio, sabe? Se nós não nos amarmos como somos, estaremos sempre em busca de alguém que o faça por nós.
    Adorei suas escolhas, conheço todas as músicas e gosto muito, muito delas!
    Beijos da Bru <3

    http://multidaodepensamentos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, essa fase é importantíssima na vida de todos. Eu estava deixando os meus medos e inseguranças atrapalharem meu namoro, estava buscando no meu parceiro o amor próprio que eu não sentia por mim e estava errada. Percebi a tempo e estou me esforçando muito, lhe desejo boa sorte também nessa fase!

      Excluir
  2. Estou neste momento ouvindo sua lista, e há a 2° letra traduzida reflete meu dia hoje. Acho que todo mundo passa por maus bocados, mas você só precisa gostar de você e assumir a verdade sobre quem você é, se amar é muito importante. E graças a Deus eu descobri isso, devagar aos poucos e hj sou completa comigo mesmo, mesmo que por muitos dias eu chore sentindo a falta de alguém.
    Adorei, e não vou chorar kkkk
    Beijão, www.desapegaadri.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adri, como é bom saber disso. As mulheres precisam parar de querer serem perfeitas e seguirem padrões, para serem elas mesmas. E se amarem assim, como você mesma disse. Ainda estou me completanto, mas chego lá!

      Excluir
  3. Oii
    De todas a minha preferida é a Pretty Hurts, não só pela letra da música em si, mas o clipe nos mostra momentos trágicos de pessoas que só vivem correndo atrás de um padrão.

    Estou te seguindo!
    Bjoss *--*
    ♥Perseguindo Meus Sonhos♥
    ♥FanPage♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, realmente, o videoclipe é bem marcante também.

      Excluir
  4. Hummm muito legal! Amei a forma como o post foi colocado e também gostei muito das traduções... Nossa são letras bem fortes!!!
    www.minhanegracor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, são bem fortes as letras e bem tocantes.

      Excluir
  5. Vim como retribuição ao teu comentário no meu blog e olha, meu Deus, AMEI!
    Adorei o jeito como tu escreve e o modo como aborda assuntos diferentes de outros blogs e com a TUA concepção. Este post em especial me chamou atenção e amei lê-lo, concordo e tenho a mesma opinião sobre Beyoncé e Demi, também tem "Survivor" da Beyoncé que eu amo e fala desse mesmo cunho e "Stronger" da Kelly Clarkson que também fala. Muito sucesso! Amei <3

    ResponderExcluir
  6. Amei as músicas que você escolheu, não conhecia nenhuma ainda :( Também amei a forma como você organizou o post, ficou lindo <3

    http://chuvadejujubas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.