Meu namorado literário

12 de junho de 2015

   

    Vocês já conhecem meu amor por blogagens coletivas e já viram diversas por aqui, de vários projetos. Hoje eu trouxe uma postagem referente ao grupo Book Club com a temática voltada para o dia dos namorados. A ideia é que eu reúna as qualidades de todos os meus personagens masculinos favoritos dos livros e monte um namorado literário perfeito. Um príncipe direto dos livros para a minha casa, que tal? Um post super divertido de fazer e criativo, espero que gostem.

    Começando pelo nome, meu namorado literário se chamaria Daniel, como o Daniel Grigori de Fallen porque é um nome comum e fofo ao mesmo tempo, acho que eu teria dificuldade de me envolver com algum personagem com nome difícil e estrangeiro demais. Ele seria fisicamente como Kishan de A Maldição do Tigre, pois ele tem um corpo alto; moreno; musculoso e bem estruturado o que seria mágico. Ainda em A Maldição do Tigre, meu namorado seria romântico como Ren, assistiria a filmes comigo, comendo pipoca ou deixaria que eu lesse livros para ele até adormecer, sem mencionar o fato de dormir abraçado comigo, me envolvendo em seus braços e me protegendo. Afinal, quem não quer um namorado romântico e que escreva poemas sobre e para você?
    Para não ser perfeito demais, ele teria alguns defeitos como a autoconfiança irritante de Jace de Os Instrumentos Mortais porque eu quero alguém do meu lado que se garanta e seja charmoso ao mesmo tempo. Mas pra me conquistar ele também precisa ser um pouco como Will de Como eu era antes de você: inteligente, sofisticado e que saiba se comportar e degustar vinhos, porque além de amá-lo eu preciso aprender coisas novas com o meu parceiro certo? Mas vamos incluir um pouco de humor e diversão neste romance, então meu namorado seria engraçado como Augustus Waters de A Culpa é das Estrelas. Mas com a saúde, só a saúde, de Christian Grey de Cinquenta Tons de Cinza.
     Como nem tudo são flores, presumo que ele teria um passado amoroso conturbado como o de Cameron em Fallen e algumas ex namoradas assustadoras, mas a fidelidade incontestável de Edward Cullen de Crepúsculo então eu jamais me sentiria insegura ao seu lado. E somente porque é extremamente necessário em qualquer relacionamento, ele me amaria e me respeitaria acima de tudo assim como Ronald Weasley amou Hermione Granger em Harry Potter.

5 comentários:

  1. Aii, até eu fiquei apaixonada pelo seu namorado literário hahaha Will <3 Amo tanto esse homem e esse livro que nem sei dizer. Ficou ótimo o post, Thaísa. Acho que uma hora ou outra vou acabar respondendo a essa proposta lá no bloguinho também hahaha
    Beijo

    www.blogrefugio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ceci, o Will é perfeito né? Prevejo chorar muito no cinema quando o filme sair, o livro é o meu favorito.

      Excluir
  2. Eu também queroooooo ele, como faço? hahaha adorei a proposta e quero a $aude e outras coisinhas do Christian hehehe eu incluiria o Adam do Se eu ficar por que eu sou romântica heuheuhe
    beijos
    www.enfim-resolvido.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei esse tema hahahaha, bom não consigo imaginar como seria um namorado literário, mas já tenho um Gus na vida real rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Me diverti lendo a sua criação de namorado (quase) perfeito. Adoraria juntar o humor do Augustus a fidelidade do Edward e o respeito do Rony, seria ótimo!

    http://moradaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.