Resenha: Divergente - Veronica Roth

12 de julho de 2015


SinopseNuma Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto.A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.
Título: Divergente | Autora: Veronica Roth | Editora: Rocco | ISBN: 9788579801310 | Ano: 2012 | Páginas: 502 

    Divergente foi o primeiro livro da Maratona Literária de Inverno que eu li, de início não imaginei que fosse conseguir pois é um livro extenso e com um grande número de páginas, mas isso não foi um empecilho em momento algum. Eu já ouvia falar muito da série, mas nunca vi os filmes pois queria muito ler e aproveitei a maratona pra colocá-lo na minha listinha. Em momento algum me arrependi. Foi meu primeiro contato com o gênero distopia e me fez pensar por quê eu não li nenhuma distopia antes.
    A narrativa do livro é em primeira pessoa e muito leve, então em poucas horas eu devorava mais de cem páginas sem cansar ou querer parar e, o melhor, o tempo passava muito rápido durante a leitura. De longe foi a melhor narrativa que eu li este ano, muito gostosa e fácil de absorver os capítulos. Terminei a leitura em três dias, sendo o último deles o que eu li mais de duzentas e quarenta páginas. Sem dúvidas, muito gostoso de ler.
    Gostei do enredo e, por ser minha primeira distopia, fiquei encantada. Romance com moderação e sem ficar meloso; drama na medida certa e muitas questões políticas misturadas com aventuras à vontade. Não fica entediante em momento algum e, os personagens são muito bem escritos. Tive raiva de alguns em certos momentos, mas era este o papel deles: apimentar a história. Então eu tive a sensação de ir dormir pensando no que aconteceria no próximo capítulo do livro e assim por diante. Foram incontáveis as xícaras de chá que eu tomei durante a leitura intensa.
     Gostei do modo como Tris cresceu durante o livro, deixou de ser um alvo fácil e frágil como era no início da história e passou a ser corajosa. Encarando questões de sua própria identidade de uma forma muito madura e responsável. Se houve momentos em que me irritei com a personagem foram, no máximo, dois. Quando deixei de concordar com algumas de suas escolhas, mas não foi nada que me deixasse frustrada por muito tempo, pois ela sempre encontrava a melhor maneira de contornar a situação. Sem mencionar sua esperteza e coragem que são de tirar o fôlego, a guria é bem Girl Power mesmo, haha. Adorei a Tris.
    Concluo dizendo que quero devorar todos os outros livros da série, que amei o Quatro e que gostaria de um destaque maior de Caleb nos próximos livros, mas não sei o que esperar de um destino das facções após esse final arrebatador de Divergente.

6 comentários:

  1. Na minha humilde opinião esse é o melhor da trilogia, mas ainda sim os próximos são ótimos
    Adorei a resenha <3

    http://ruasazuis.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Katryel, todo mundo que eu vejo diz isso: o primeiro é o melhor. Ainda sim estou ansiosa pra ler os outros e espero que eu goste deles também.

      Excluir
  2. Eu não gosto dessa trilogia :( Achei um tanto infantil e bom, não vejo muita profundida também em personagens. Maaaas é um livro hiper rápido de ler!

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    www.carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Carol? Porque eu não achei nada infantil, pra ser sincera. Pelo contrário, achei que o livro tem uma visão perfeita de política e costumes. O universo criado aliás foi maravilhoso, uma pena que não tenha gostado.

      Excluir
  3. Oi, tudo bom?! Conheci o blog agora e gostei bastante. Já estou seguindo o blog, o twitter e curtindo a fan-page. :)

    Quero muito ler essa trilogia...!!! Já ouvi várias resenhas positivas. Adorei a sua,
    Abraços do Dan!
    •bookdan.blogspot.com
    •facebook.com/leituradan
    •twitter.com/leitura_dan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dan, muito obrigado pela credibilidade. Espero vê-lo sempre por aqui, ok? Estou ansiosíssima pra ler Insurgente e resenhar também.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.