Resenha: Em Busca de Abrigo de Jojo Moyes

19 de novembro de 2015


Sinopse: Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953, a comunidade de expatriados de Hong Kong se reúne para celebrar o evento com uma festa. Enquanto os convidados tentam ouvir a cerimônia em um rádio antigo, Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois da festa, ela já está prometida em noivado ao rapaz, mas só tornará a se encontrar com o noivo um ano depois. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas.
Título: Em busca de abrigo | Autora: Jojo Moyes | Editora: Bertrand Brasil | ISBN: 9788528610840 | Páginas: 434 | Onde comprarBuscapé

    Este é o terceiro livro da autora ao qual tenho a oportunidade de ler e, ainda sim, a experiência foi única. Uma viagem nova e completamente diferente que me surpreendeu muitíssimo e me deixou boquiaberta com a capacidade de Jojo Moyes nos encantar a cada livro seu de uma maneira nova todas as vezes. É praticamente impossível acreditar que este foi seu romance de estreia.
    O livro nos apresenta, aos poucos, três mulheres, mães e filhas, de gerações diferentes; com pensamentos completamente alheios uma da outra e cada uma lidando com um conflito imento dentro de si mesma. São épocas, costumes e valores distintos de uma para a outra e isso faz com que o livro tenha muitos flashbacks do passado; muitos personagens e muitos cenários diferentes.
    Começa tudo muito confuso e lento. Em um momento sou apresentada a Joy e acho que ela é a protagonista; logo conheço Kate e Sabine e não sei qual das duas é a nova principal da história e é quando me dou conta de que toda a história diz respeito as três. Abandonei o livro duas vezes ainda no início pelo fato de ser uma leitura muito devagar e praticamente nada acontecia, achei chato porque uma parte da história se passava em Hong Kong e a descrição do cenário não me atraiu.
    Voltei a ler aos poucos, porque apesar de confuso e parado, o livro conseguiu me deixar levemente curiosa e foi este o motivo que me levou até o fim da leitura. Preciso dizer, não me arrependi.
    Jojo conseguiu mais uma vez me conquistar, embora que aos poucos, me envolveu na trama de cada personagem e quando me dei conta já estava imaginando um final para cada um deles. Tentando desvendar os mistérios e segredos que assombravam aquela família. Além dos Ballantyne, os personagens secundários também foram muito bem trabalhados e construídos. Tiveram um destaque ótimo e fiquei encantada com o talento da autora para escrever algo com tantos personagens sem se perder e deixar pontas tão soltas.
    Sua escrita e sua criatividade continuam na dosagem exata, o que, para um livro de estreia da autora é sensacional. Todos os conflitos e problemas que surgiram no meio do caminho; as lições de vida nas entrelinhas e as soluções dadas para cada obstáculo foram sacadas inteligentíssimas e que me fizeram refletir demais, além de me identificar com cada parágrafo.
    A diagramação da editora é espetacular, a unica coisa que eu mudaria no livro é a quantidade de capítulos. O livro contém pouquíssimos capítulos e cada um deles é enorme; com muitas páginas. Acredito que isso tenha contribuído para uma leitura tão densa, no mais o livro é perfeito. Se você está procurando uma história prazerosa; leve; mas com um toque emocionante e lições de vida maravilhosas a dica que eu dou é: seja perseverante e não desista do livro. Ele vale muito a pena.

24 comentários:

  1. Eu amo a Jojo. Sempre muito boa. Parabéns pelo Blog. Seguindo. Beijos.^-^.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Claudia, pelo carinho e pela visita. Sinta-se em casa.

      Excluir
  2. O único livro que li da autora me fez chorar tanto que até hoje tenho medo de ler outro. Porém, as resenhas são sempre fascinantes e me deixam curiosa. Ainda vou tentar novamente.

    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, você chorou tanto assim por que era bom, certo? Não vai se arrepender de ler mais um.

      Excluir
  3. Os livros dessa escritora são únicos, eu sou apaixonada por ela, mas infelizmente ainda não li esse, porém pretendo mudar isso... Amei sua resenha! <3

    ResponderExcluir
  4. Quero te dar parabéns por ter insistido no livro.
    Eu não conseguiria se fosse você. É difícil ler algo complexo ou lento demais.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada Helana. Eu insisti muito por ser da Jojo, se fosse qualquer outro autor talvez eu tivesse abandonado de vez.

      Excluir
  5. Olá!
    Nunca li nada da autora mas só leio resenhas positivas em relação a seus livros. Vou arriscar ler algo dela um dia desses :)
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas | SORTEIO 250 SEGUIDORES! PARTICIPE :)

    ResponderExcluir
  6. Cara, a Jojo é muito muito muito boa! Choro em todos os livros dela e olha que nem sou tão fã de romance. Esse eu li assim que saiu, na hora de almoço na livraria em que eu trabalhava e não me arrependi em nada. Ansiosa para ler mais livros dela!

    Beijos, Maria.
    http://nerdsideblog.tumblr.com

    ResponderExcluir
  7. Oii
    Nunca li nada da Jojo. Mas sei que todo mundo acha os livros maravilhosos. Tenho um projeto de ler todos os livros em 2016. Ler um livro por mês.
    Bju
    www.lelendolido.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oee, me sinto um ET por nunca ter lido nada da Jojo, esse ano sei que não consigo mais, vou tentar ler ano que vem :D

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu ainda não conhecia o livro mas já conheço a autora, ainda não li nada dela mas estou loucaaaa pra ler. Amei a capa, adorei a sinopse e me interessei muito pelo livro através de sua resenha.

    ResponderExcluir
  10. como eu queria ter saco pra esses livros, mas eles são mel demais pra mim.

    ResponderExcluir
  11. Oi flor, tudo bem? Ainda não li nada da autora, mas tenho vontade, principalmente Como eu era antes de você.
    Quando não estou conseguindo me conectar com os personagens/trama dou um tempo no livro e depois volto, acaba que muitas vezes me surpreendo e gosto do livro..rsrsrs. E acho que acontece com você isso.
    Vou anotar a dica de não desistir do livro e também gostei de saber que vou tirar lições deles, adoro quando isso acontece em uma obra.

    Beijos
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  12. Esse não foi o meu livro favorito da autora, mas eu gostei da leitura. A forma como ela desenvolveu os personagens foi muito legal, mas ainda assim, gosto mais da escrita dela atualmente.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  13. eu não consigo gostar da arte dessas capas dos livros de Jojo. Talvez por isso sinto essa trava pra pegar algo dela e ler..
    E com o começo do livro já arrastado, acho que já abandonaria a leitura...

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Ouço falar tão bem da Jojo Moyes que a cada nova resenho fico mais curiosa pra conhecer a escrita dela! No momento eu estou naquela fase de dramas pesados. Mas sei que daqui a um tempo vou precisar descansar minha mente com algo mais leve, vou seguir sua dica e apostar num livro dela!

    ResponderExcluir
  15. Oi, flor.
    Gosto de obras que trazem mais de um protagonista. Acabo sempre me envolvendo com os conflitos pessoais e a realidade de cada um… Isso enriquece meu olhar e meus sentimentos durante a leitura. Por isso, anotei a dica do livro. Ainda não li nada da autora, mas tenho certeza de que me tornarei fã dela ao primeiro livro lido (rs). Só tenho receio de me entediar com esse início lento.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá Thaisa, eu ainda não li nenhum livro da autora, mas sempre vejo comentários super positivos sobre sua escrita *-* Adorei a premissa desse livro cheio de conflitos, espero poder lê-lo em breve.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Nunca li nada da autora, na verdade nunca me chamou a atenção.
    Mesmo que pareça ser uma história ncom profundidade entre gerações diferente ainda assim não me interessei.

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bom?
    Eu amo a Jojo, mas infelizmente não li esse livro ainda. Gosto da forma tocante que a Jojo escreve e como ela consegue cativar o leitor. Realmente os livros dela tem essa tendência de começar de forma mais lenta e depois arrebata o leitor.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá! Acho que sou uma das poucas pessoas que nunca leu nenhum livro da Jojo e por enquanto não tenho vontade nenhuma de ler, tenho eles aqui mas estou em uma época em que eles não me agradam por enquanto. Não tinha esse ainda e gostei da sua resenha, aborda bastante a premissa e sua opinião me deixou bem feliz pois posso ver o que achou realmente da estória.

    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.