SÉRIES | O que eu achei de The 100

13 de janeiro de 2016
   Oie amores tudo bem? Hoje eu vou fazer uma coisa que há muito tempo eu não faço: resenhar séries. Geralmente eu só costumo resenhar a temporada de alguma série quando eu acho ela muito ruim porque eu adoro reclamar e ficar apontando os defeitos que eu achei, mas as boas e ótimas eu raramente comento por aqui. Esta é um caso à parte.
   Eu sempre ouvi falar de The 100 através do Twitter. Polêmicas sobre os OTP's; discussões sobre os episódios; reclamações ou elogios aos plots; os fãs com medo dos favoritos morrerem e por aí vai. Mas durante o ano passado eu estava muito mergulhada em outras séries e só agora eu tive tempo e curiosidade pra assistir. Resultado: devorei as duas temporadas em menos de uma semana.
    A série da CW se passa 97 anos após uma guerra nuclear acabar com quase toda a vida na Terra. Os sobreviventes moram na Arca, uma estação espacial em órbita da Terra construída por quem conseguiu fugir da guerra. Lá 2.400 pessoas vivem sob a liderança do Chanceler Jaha, mas há escassez de recursos portanto todos os crimes independente da gravidade são puníveis com a morte (você é ejetado no vácuo) a não ser que você seja menor de 18 anos, neste caso você é preso. O conselho esconde um segredo grave, a Arca está morrendo e em pouco tempo a vida lá não será possível, então a única esperança deles é o programa "Os 100" que deu nome a série. Eles enviam 100 jovens prisioneiros considerados "dispensáveis" para a Terra na tentativa de determinar se o planeta é habitável ou não.
    A partir daí é só treta. Questões de sobrevivência; falta de recursos tecnológicos; conflitos entre eles mesmos e uma nova liderança; a dificuldade de ter ou não regras e quais seguir além de descobrirem um novo inimigo. O enredo da série melhora visivelmente, além de ter um elenco maravilhoso e uma trilha sonora que nos faz surtar a cada episódio. Sem contar que hoje você shippa um casal; depois shippa o outro e quando vê já está perdida. É uma loucura, o gênero distópico reinando mais uma vez.

    Na segunda temporada (sim vou falar das duas no mesmo post) você já está viciado, mas não tem tempo nem pra admitir. Continua vendo um episódio atrás do outro e conforme as coisas ficam mais complicadas para Os 100 você fica mais preso na série. O número deles diminuiu, mas novos personagens aparecem. E não dá pra confiar em ninguém.
    Quem parecia ser ruim, se provou muito bom e leal apesar de tudo. Quem parecia ser leal mostrou a sua verdadeira face e quem chegou por último é sempre suspeito. Aqui a série me surpreendeu muito pelo desenvolvimento e evolução rápida e fantástica. O enredo não decepciona apesar de ter sim algumas falhas, mas superou muitos defeitos visíveis na primeira temporada.
    Alguns casais se desfazem, outros permanecem juntos enfrentando qualquer coisa; tem aqueles que ninguém imaginava que iriam se apaixonar. Mas eu AMEI o fato de que este não é o foco da série: tem muito perigo, muita coisa rolando pra que eles percam tanto tempo pensando em ficarem juntos, toda a preocupação que eles tem para com aqueles que amam é sempre a mesma: manterem uns aos outros vivos. É isso o que importa e o que faz a série se sobressair e não ficar enjoativa.
    Na segunda temporada eu descartaria alguns personagens que achei desnecessários e deletaria algumas cenas que não acrescentou em nada na história: só serviu de puro entretenimento pra alguns fãs (e para a raiva de outros). Não darei spoilers, mas se você já assistiu e acha que sabe do que eu estou falando só digo uma coisa: não é preconceito, eu só achei que aconteceu no momento errado. Mas os defeitos permanecem pouquíssimos, pelo menos para mim.
    Esta foto da Octávia é só para dizer que, na minha opinião, ela foi a personagem que mais evoluiu nas duas temporadas. Eu tinha uma visão completamente diferente dela no começo, achava ela chata e cheia de si, mas a lealdade dela; a força; a persistência e a vontade de viver que ela tem é incrível. É uma das minhas personagens favoritas com certeza e muito girl power, é claro. Aliás, outro fato que fez com que eu me amarrasse na série é que ela é repleta de mulheres fortíssimas. Aqui elas mandam. E antes que me perguntem meus OTP's são Bellarke e Linctávia. Beijos e fiquem com os trailers das duas temporadas. Até a próxima.


20 comentários:

  1. Amo essa série <3 Super ansiosa pela terceira temporada... Tá chegando!
    É incrível a evolução da série e de alguns personagens! Porém meus OTP's são Linctavia e Clexa!!!
    Amo a Octavia, foi a melhor surpresa e a maior evolução com certeza. Desculpa o palavrão, mas ela é FODA!!! Rsrsrs
    Sempre adoro quando acho alguém que gosta de The 100 ou começa a gostar.
    Bjss

    www.umolhardeestrangeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, não gosto de Clexa, achei desnecessário. Não li os livros, mas achei que aconteceu na hora errada, sei lá.

      Excluir
  2. Oi. eu vi sobre em outro blog, achei interessante. Lembrei de alguns conceitos da colonização, é um enredo, aparentemente rico, vou tentar conferir, não sei se consigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lilian, não custa nada, vê um episódio pra tirar uma ideia.

      Excluir
  3. Não sou a maior fan de the 100, mas fazer o que né!
    http://gap-gaphae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Já tentei assistir, mas sabe quando algo não te prende? EM NADA? Pois é... minhas amigas assistem e eu fico boiando quando elas conversam sobre, mas ok!
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa vida, mas você assistiu a primeira temporada toda? Ou desistiu antes?

      Excluir
  5. Olá!
    Ouvi falar pela primeira vez nessa série em 2014, através de um outro blog. E desde então não tem sido muito difícil encontrar alguém falando dela.
    E pela visto está fazendo bastante sucesso. Recentemente vi uma tag relacionada a The 100 no Twitter. Ainda não me senti tentada a acompanhar, mas me parece uma série muito boa.
    Abraços!
    https://blogladoescuro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente está dando o que falar, a terceira temporada volta dia 21!

      Excluir
  6. Assisti alguns EP dessa série, mas não me prendeu muito... quem sabe eu dou uma chance depois rs
    Adorei sua resenha
    Beijos

    myself-here1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Thaísa!
    The 100 é um caso de amor ou ódio! Ou você ama ou não vê a menor graça! Mas isso é só no começo da primeira temporada, quando a série está parecendo só um draminha adolescente, depois ela fica muito boa. Vi a Ana Gabriela falando que não curtiu ali em cima, acho que pode ter sido por isso, e vou dizer: vale a pena insistir um pouco mais!
    Eu, com certeza faço parte do time que é apaixonada pelo seriado e não posso esperar pela terceira temporada essa semana! Estou muito ansiosa!
    Muito boa sua idéia de divulgar a séria para as pessoas que não conhecem!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ju, acho que a série merece mais divulgação e visibilidade. É muito boa. No começo parecia mesmo um draminha adolescente, mas foi evoluindo cada vez mais e eu não consegui parar.

      Excluir
  8. eu já ouvi falar do livro e fiquei extremamente interessada na série, após saber do que se tratava a história... tentarei ver assim que possível... fiquei curiosa com oque chamou de desnecessário e que não seria preconceito de sua parte [o que seria? kkkkkkk] e bom saber que o foco da série não se perde em meio aos romances que surgem ao longo da trama...

    ResponderExcluir
  9. Olá, eu não assisto séries mas sempre leio algo sobre elas. Amei seu post e já fiquei encantada por essa série, parece ótima!

    ResponderExcluir
  10. Quando anunciaram a série, eu me animei. Me animei mesmo, achei que acompanharia e que gostaria e etc. Então veio a vida e me fez ter de fazer outras coisas, de modo que nem parei para assistir mais de um episódio. Ou seja, babau. Mas gostei do seu post e o blog é bem legal também! Beijos e sucesso.

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  11. Eu lendo seu post, vi que essa série é muito interessante! Espero poder assisti ela algum dia, fiquei bem intrigado com todos os acontecimentos!

    Abraços e até!

    lendoferozmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oie, tudo bom?
    Escuto falar dessa série há bastante tempo e como amo distopias, estou ansiosa para assistir pelo menos os primeiros capítulos. Tenho certeza que vou gostar, mas quero ver como é a trama. Acho legal quando tem essas mudanças nos personagens e como isso transforma a série de uma temporada para outra.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Confesso que quando saiu o livro eu fiquei bem animada, mas com a série nem tanto, só que agora lendo seu post fiquei animada, embora não costume ver séries kkkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.