3 amores platônicos

26 de abril de 2016

       Preciso começar este post dizendo que ele faz parte da blogagem coletiva do blogueiros geeks e que eu estou completamente chateada porque foi imposto o limite de apenas 3 amores platônicos no post. Como assim? Onde é que eu vou por todos os crushes de séries e filmes e bandas e livros que eu desejo pra mim? Bom, a missão mais difícil foi escolher só três deles então agora só preciso contar pra vocês quem eles são sem ter um ataque de ciumes, não é mesmo? Tô brincando.

Crush nº1 - Jensen Ackles


    O Jensen eu conheci através da série Supernatural (que eu sou muito fã) e ao longo das 10 temporadas me apaixonei completamente pelo personagem Dean Winchester, com toda aquele charme e sarcasmo acompanhados de um jeito bad-boy que me conquistou na hora. Então meu amor platônico pelo ator foi se desenvolvendo conforme eu ia conhecendo melhor o trabalho dele. Adoro suas caras e bocas, seu humor e convenhamos, né? O cara é lindo. (Mas é meu, tirem seus olhos).


Crush nº2 - Zac Efron


    Gente, eu sou da fase RBD x HSM e vou confessar aqui: amo os dois. Através de High School Musical, lá atrás nas profundezas do passado eu conheci Zachary David Alexander Efron e o coração bateu mais forte. Depois de suspirar com aquele par de olhos maravilhosos e aquele sorriso eu fui pesquisar mais sobre a vida do ator e assisti vários outros filmes estrelados por ele. Assim como adoro a sua voz (e ainda acho que ele deveria cantar de novo) eu sou completamente apaixonada pelo seu trabalho e já falei sobre ele no meu post sobre atores favoritos, mas ele é sim um dos meus amores platônicos e olha, eu amo demais.

Crush nº3 - Kit Harrington

     O Kit eu conheci, como a maioria dos fãs dele também, através de Game of Thrones porque foi lá que ele começou a fazer sucesso realmente e estava começando sua carreira na TV. Só depois de estrelar como Jon Snow foi que ele começou a conquistar mais espaço no cinema também (assistam Pompeii). Além de todo o charme dele e expressividade eu me derreto só de ouvir aquele sotaque britânico maravilhoso e -SURTEI- quando ele veio ao Brasil ano passado e passeou pelo Rio como um nato brasileiro. Pegando ônibus e tudo mais. Se eu morasse lá com certeza teria feito ele me levar embora daqui com ele. Enfim, estes três são meus maiores amores platônicos da vida, mas existem muitos outros hahahaha e por este motivo eu preciso citar pelo menos um bônus.

Bônus - Bradley Cooper 

   Como você pode perceber acima, com todos meus amores platônicos eu me apaixonei primeiro pelo personagem e depois pelo ator. Aqui o caso foi diferente. A primeira vez que eu vi Bradley atuar foi em Se beber não case e houve pouca empatia com o personagem, achei ele irresponsável demais, porém a ligação com o ator foi momentânea, a primeira vista mesmo. Fui pesquisar mais sobre ele e vi outros filmes que ele protagonizou e não consigo ver nenhum deles sem ficar suspirando na tela. Ele tem um charme que eu não sei explicar. Pode não ser o cara mais malhado; mais novo e mais cobiçado do mundo, mas é o suficiente pra me deixar doida da cabeça.

2 comentários:

  1. Boas escolhas! Eu confesso que prefiro o Zac hoje =p Só três é muito difícil de escolher... beijos beijos!

    www.metamorphya.blogspot.com

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.