Resenha: Os Pequenos Homens Livres, Terry Pratchett

16 de junho de 2016

    "Um perigo oculto, saído de pesadelos, vem trazendo uma ameaça diretamente do outro lado da realidade. Armada com tão somente uma frigideira e seu bom senso, a pequena futura bruxa Tiffany Dolorida deve defender seu lar contra fadas brutais, cavaleiros sem cabeça, cães sobrenaturais e a própria Rainha das Fadas, monarca absoluta de um mundo em que realidade e pesadelo se entrelaçam. Felizmente, ela contará com uma ajuda inesperada: os Nac Mac Feegle da região, também conhecidos como os Pequenos Homens Livres, um clã de homenzinhos azuis ferozes, ladrões de ovelhas, portadores de espadas e donos de uma altura de mais ou menos quinze centímetros. Conseguirão eles salvar as terras quentes e verdejantes de Tiffany?"

Título: Os Pequenos Homens Livres | Autor: Terry Pratchett | Editora: Bertrand Brasil | ISBN: 9788528620559 | Páginas: 304

Livro cedido em parceria com a Editora Galera Record para resenha


    Oie gente, tudo bem? Bom, antes de mais nada eu gostaria de esclarecer que Os Pequenos Homens Livres e Um chapéu cheio de céu são dois spin-off da série Discworld, escrita pelo autor Terry Pratchett, que, segundo o meu dever de casa tem mais de 30 volumes. Estes dois que recentemente foram lançados pela Bertrand Brasil são histórias que acontecem no mesmo universo da série, mas que podem ser lidos separadamente sem problemas. São dois livros com as histórias de Tiffany Dolorida. Eu fiquei muito curiosa pelo fato e quis muito ler logo de cara, mas não sei se também vou ler toda a série Discworld, pelo menos não tão já. 
    Tiffany era a caçula e portanto era o xodó dos pais, até eles terem um outro filho e o primeiro menino da família. Este só fazia pedir doces o tempo todo e vivia na cola da Tiffany então podemos presumir que ela tem uma certa birra dele e um ciúme um tanto natural já que ele roubou o seu lugar. Quando não está cuidando do irmão está fazendo queijos ou aprendendo palavras novas e ela é muito boa nas duas coisas. Tiffany é boa demais pro lugar onde vive e o que ela quer mesmo é ser uma bruxa. Ela só não esperava que isso fosse se tornar real um dia.
    A narrativa da história começa de uma maneira bem simples e logo de cara percebemos que se trata de um Infanto-juvenil (apesar de eu não ter encontrado o livro classificado dessa maneira em lugar algum). Na verdade é classificado como uma fantasia, mas escrita para o público infantil, o que não me atrapalhou nem um pouco, só fez a leitura fluir mais rápido até um certo ponto.
    O livro é muito criativo em muita coisa, mas em outras me fez lembrar muito de Nárnia por causa da vilã e do menino chato que vai atrás dela por causa dos doces. Em alguns momentos a história ficou confusa e eu precisei ler a mesma página duas ou três vezes para entender algumas coisas porque a sensação que eu tive foi que o autor colocou dentro do livro muitos componentes fantásticos ao mesmo tempo. São vários mundos; vários seres estranhos e peculiares; vários flashbacks do passado sobre a vovó de Tiffany (que também era uma bruxa) e a quantidade de personagens não ajudou: eram muitos. 
    Porém, apesar das ressalvas, o livro é muito divertido e engraçado, eu ri em vários momentos. E mesmo ficando um pouco lento da metade pro final, foi um livro que valeu a pena ter lido. A personagem é muito cativante e cá entre nós né mores: não dá pra não amar uma bruxinha que sai por aí matando monstros com nada mais além de uma frigideira né? A confiança dela; a coragem; a força de vontade de ir em frente mesmo quando a vida tá bofetando a cara dela é o que te conquista desde o começo. E não só ela, mas alguns dos outros personagens principais (os Pequenos Homens Livres) também são hilários e muito gente fina. 
    Eu indico o livro para um público mais jovem, inclusive para crianças, creio que vão se divertir. Mas também para todos os adultos que gostam de fantasia e não se importam de ler um livro mais "infantil". Eu dei três estrelas para o livro por causa dos pontos negativos que encontrei nele, mas não é um livro ruim. Na revisão encontrei vários erros, mas nada grave e eu estou apaixonada pela capa então acho que vou ler o segundo livro em breve. Aguardem. 

28 comentários:

  1. Como eu sou infantil e amo fantasia eu acredito que nem vou ligar para esses pontos negativos hauihaiuhaiuhuaihauhauhuhuah
    Eu gostei da proposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Miga, então se joga! Espero que goste mais do que eu kkkk

      Excluir
  2. Oi, Thaísa! Tudo bom?
    Gostei do estilo desse livro - adoro livros mais voltados para o público juvenil - e fui conhecer um pouco a respeito sobre essas séries de livros e adorei o tema, bom, a capa é bem chamativa, e outra coisa, ele me aparenta ser divertido + bem humorado, tem coisa melhor? Mesmo apresentando alguns lados confusos, já quero pra mim!!!

    Beijos,
    Luan | http://www.entreutopias.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luan, acho que vc gostaria bastante do livro, se ler me fala ok?

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi, como vai?
    30 volumes? Ainda bem que é possível a leitura sem ser seguida a ordem, já não gosto de series pelo fato de ter que aguardar... imagina se ele resolve fazer dos 30-40? Eu provavelmente teria alguns infartos. Rsrsrs. A narrativa pode até ser leve e fluir bem, e a Tiffany ser um doce de tão fofa, o livro não me interessa, não no momento. Sua resenha achei esplêndida como sempre, parabéns e Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cris o autor da série faleceu então não vai ter mais livro, só os já publicados :/ Pelo menos não vai sofrer com espera né.

      Excluir
  5. Olá Thaisa, eu tinha visto o lançamento desse livro e não tinha atentado a ele, e depois da sua resenha fiquei super empolgada para ler, ainda mais por que tenho um filha de 9 anos que com certeza vai curtir o livro. A capa é linda e o enredo fascinante. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, espero que vocês dois aproveitem a leitura Dani!

      Excluir
  6. O livro me pareceu bem legal e que bom que é divertido. Vou anotar a dica! Parabéns pela resenha. Beijo! ❤

    ResponderExcluir
  7. Sinto como se fosse um livro juvenil voltado para adultos. A capa não lembra tanto a adolescência e o título, então, passa bem longe, mas até que percebemos um quê de conto de fadas nele. Gosto de leituras que te divertem e instruem ao mesmo tempo. Mas uma coleção tão grande, mesmo que as história sejam independentes, não me serve mesmo... bjs!

    ResponderExcluir
  8. Olá Thaisa, eu adoro ler de vez em quando livros infanto-juvenis e pelos seus comentários esse parece estar bom, apesar das partes confusas. Vou anotar a dica e espero lê-lo assim que possivel *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia Jéssica, quero ver sua opinião depois ok? Bjs!

      Excluir
  9. Oi Thaísa.
    Eu tenho esse livro aqui em casa há um bom tempo e até hoje não consegui ler, mas um dia ainda pegarei ele para ler porque é um estilo que eu adoro.
    Adorei sua resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol, espero que leia e goste, boa leitura!

      Excluir
  10. Olá! Que livro legal, mesmo sendo uma escrita infanto juvenil me interessei bastante. Amo enredos nesse estilo,e esse realmente me chamou atenção, beijos!
    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte na leitura então Suzana, espero que goste!

      Excluir
  11. Oie
    muito legal sua resenha, só conhecia o livro de vista mas achei o enredo bem legal e sua resenha me deixou curiosa, espero conseguir ler em breve e curtir bastante

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cath, espero que goste, quero ver sua resenha!

      Excluir
  12. Eu não pedi o livro porque a capa me pareceu beeeem infanto juvenil haha e eu não tô numa fase boa pra livros assim. Pela sua resenha percebi que eu estava meio que certa né? Mas mesmo assim, a história parece gostosa de ler.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, eu também não estava, tanto que estou enrolando pro segundo livro kkkk

      Excluir
  13. Misericordia senhor, como assim 30 volumes em uma serie?Com certeza não leria, pelo menos, não por agora, são muitos livros. Mas esse e o outro spin off até me animaria a ler. Gostei da resenha e se tiver oportunidade o lerei sim, gosto de livros mais juvenis para relaxar.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simeia, mas esse é independente, não precisa ler a série pra poder ler ele!

      Excluir
  14. Olá. Acredito que mesmo o livro se mostrando confuso, adoraria ler por ser tão divertido! :) Obras voltadas pro infantojuvenil sao excelentes.
    Abraços

    ResponderExcluir
  15. No começo da sua resenha tinha certeza que iria ler esse livro mas o fato de ter que reler algumas páginas e tudo mais que você citou me desanimou. Gosto desse mundo fantástico mas tem que ser bem feito se não fica chato.

    Jéssica Rodrigues
    Coração Leitor

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.