Resenha: Um chapéu cheio de céu, Terry Pratchett

28 de junho de 2016
    "Tiffany Dolorida, alguns anos após suas aventuras no tenebroso Reino das Fadas, deverá colocar seus talentos em bruxaria novamente à prova ao embarcar em mais uma aventura: deixar sua casa e suas terras para trás e se tornar aprendiz de uma bruxa de verdade. Mas o que ela não sabe é que uma criatura incorpórea e sagaz está lhe perseguindo, um ser ancião e incompreensível do qual nem mesmo a Madame Cera do Tempo (a maior bruxa do mundo) poderá protegê-la. Dessa vez, serão úteis as habilidades de roubos, briga e bebedeira dos Nac Mac Feegle, os Pequenos Homens Livres, ou deverá Tiffany depender única e tão somente de si?"
Título: Um chapéu cheio de céu | Autor: Terry Pratchett | Editora: Bertrand Brasil | ISBN: 9788528618808 |  Páginas: 336 | Skoob | Compre aqui

Livro cedido em parceria com a editora para resenha 


    Bom, se você me acompanha por aqui deve ter visto a resenha de Os Pequenos Homens Livres (livro que antecede este), mas saiba que Um chapéu cheio de céu também poderia muito bem ser lido independentemente, o que é um ponto muito favorável quando se trata de séries com muitos volumes. A série original Discworld conta com 30 volumes, mas a série de Tiffany Dolorida conta apenas com 5, apenas os dois primeiros foram lançados no Brasil até agora e eles são escritos de forma completa então você não precisa ler obrigatoriamente na ordem.
    Tiffany agora tem 11 anos e resolve ir embora do Giz para seguir o destino que lhe foi deixado, já que ela faz parte de uma linhagem de bruxas extraordinárias e respeitadas até por criaturas como os Nac Mac Feegle, ou como preferem ser chamados, os pequenos homens livres. Ela é mandada então para um lugar bem distante, já que é praticamente impossível ser uma boa bruxa estando no Giz e também porque a cidade onde vive costumam excluir do seu círculo social qualquer pessoa que tenha o estereótipo de uma bruxa ou que seja diferente e suspeito.  
    Eu gostei muito mais do enredo deste segundo livro que do primeiro, a história cresceu um pouco junto com a personagem. Aqui Tiffany vai aprender que existem todos os tipos de bruxas e várias outras coisas em uma escola de bruxaria. Ela também vai ser seguida por um monstro que de longe farejou o poder dentro dela, mas os Nac Mac Feegle já sabem disso e vão fazer de tudo para ajudá-la.
    Como disse na resenha anterior eu achei que o primeiro livro foi um tanto confuso e com elementos demais pro meu gosto, já nesse segundo acho que o autor soube escolher melhor o que pôr no livro e o que não. Não me senti tão confusa nesse volume e aproveitei bem a leitura.
    O livro tem uma lição de moral muito boa e conta com valores importantes à serem inseridos nas crianças, uma vez que o livro é um infantojuvenil, como por exemplo o medo do desconhecido e o modo como lidamos com ele. Nos mostra como é importante enfrentar nossos medos e seguirmos em frente. Eu gostei bastante desse livro, mas confesso que ainda não me senti conectada com os personagens, não criei um afeto por eles. Apenas uma leve admiração. Portanto continuo mantendo apenas 3 estrelas e não sei dizer se pretendo ler os próximos três volumes, por não conseguir me sentir conectada aos personagens e pelo fato de os livros serem tão bem concluídos e independentes que não me deixam muito curiosa sobre o que está ou não por vir. 
    

14 comentários:

  1. Olá!

    Sabe? eu gosto de livros assim com coisas de bruxas, e amadurecimento a cada livro, porque conheço livros que a pessoa cresce e continua babaca. Gostei de saber disso? É bem grandinha em essa série kkkk. Espero poder ler ele, parece ter uma narrativa maravilhosa.

    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  2. Adoro livros com bruxas. Confesso que não tinha conhecimento desse livro, nem do primeiro. Mas, fiquei encantada. Vou adicionar nos meus desejados, já!
    Abs
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  3. Oi, como vai?

    Bem, não gosto de séries, odeio ficar aguardando a continuação...Você disse 30 volumes?!Morri de ansiedade. Rsrsrs. Bem a da Tiffany Dolorida são 5, ainda assim, quando acompanho uma série espero ela estar completa no mercado. Eu leria sim esse livro, pois me baseando na sua resenha, que está maravilhosa, o texto traz uma mensagem enriquecedora, e isso um bom motivo para lê-lo. Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  4. Olá, Thaísa!
    Ainda que você tenha dito que esse enredo é melhor e que a história cresceu nesse segundo volume, eu ainda me sinto mais tentada em relação ao primeiro livro.
    Acho que esse livro deve passar uma mensagem bem importante aos mais novos, mas isso de não conseguir se conectar com os personagens é osso, acaba que a obra não conquista a gente =/
    Eu não sei se leria os 5 livros, mas o primeiro eu quero fazer a leitura para conhecer a escrita do autor.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá Thaysa!

    Recentemente li um livro, chamado trama, e me senti do mesmo modo que você descreveu na resenha, conectada com as personagens. O que é um ponto positivo, pois em minhas leituras, está sendo uma raridade me apegar aos personagens. Às vezes eu fico receosa de lê livro sobre bruxas, lobisomens e temáticas assim, porque os autores mudam muito a estória original. E, pelo que você descreveu me parece que é um bom livro para quem quer aprender sobre bruxas, não é? Fiquei apenas com essa dúvida. E desejo meus Parabéns por sua resenha descrita e simplista!

    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Eu gostei demais da sua resenha, sua opinião fez com que eu ficasse ainda com mais vontade de ler esse livro. Amo histórias assim.
    Vou ler todos que você citou.
    Beijos lindona.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
  7. Oiii Thaísa, tudo bem?
    Preciso te dizer que sou completamente apaixonada por livros dessa temática com contos de fadas, achei uma fofura e tanto <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Fico com muita vontade de aderir a essa leitura, principalmente sabendo que os livros podem ser lidos de forma independente, pois quase comprei esse da sua resenha na livraria, mas não levei pois não havia lido o primeiro. Adorei os pontos que você destacou e embora a leitura pareça confusa, como você mesma disse, fico tentada a me aventurar.

    Grande Abraço
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. ah, pois fico feliz em saber que a série não é enorme como discworld... eu tô bem curiosa pra ler os dois volumes, curti a escrita do autor em outro livro que li dele...
    a capa tá um encanto... pena vc não estar tão inclinada a ler os demais... e eu queria ler na ordem mesmo, ainda que não interfira na compreensão da história...
    bjs, Isa ^^

    ResponderExcluir
  10. Oi, Thaísa!
    Infanto-juvenil não é um gênero que leio com frequência, já até gostei bastante de livros no estilo, mas hoje prefiro outros gêneros que me agradam mais. Por isso essa é uma leitura que não desperta meu interesse. :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  11. Oioi! Tudo bem?
    Eu vi na news os livros do Terry Pratchett e achei tao legais, amo uma fantasia e nao conhecia mto do que se tratava os livros, mas agora que li a resenha, me animei a ler os livros do autor.
    Bom que o segundo foi menos confuso, acho que vou gostar mto.
    A capa está linda demais.
    Beijos

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  12. Oie
    tenho ouvido falar bastante do livro e parece ser bem interessante, não é bem um gênero que costumo ler mas é bem curiosa e diferente, bela resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Claro que já ouvi falar dessa série né!
    Tenho que dizer que as edições novas parecem bem bonitas.
    A história no entanto é bem juvenil, quase infantil o que logico só aumenta minha vontade em ler.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  14. Eu adorei o enredo desse livro, mas apesar disso, eu sei que não é um gênero que não vai me prender tanto como leitora, acho que por isso ainda não dei uma chance pra ele.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.