Resenha: O lado mais sombrio, A.G. Howard

11 de julho de 2016
Foto: Ben Hur
"Alyssa Gardner tem uma vida conturbada, ela ouve vozes de insetos e flores. A garota mora apenas com o pai pois a mãe foi internada e considerada insana e instável, e alegava ouvir as mesmas vozes que Alyssa sabe que são verdadeiras. Em uma das visitas, ela descobre que cada dia sua mãe pior, e que o pai havia concordado com o médico em aplicar um tratamento de choque, o que não apenas poderia transformar sua mãe em outra pessoa, como também poderia matá-la. Para impedir isso, Alyssa terá que mergulhar no obscuro mundo do País das Maravilhas e consertar os erros que a verdadeira Alice deixou pra trás, dessa forma quebraria a maldição sobre sua família. Mas a verdade é que o País das Maravilhas foi totalmente distorcido por Lewis Carrol, e Alyssa vai descobrir um lado sombrio do conto de fadas."

Título: O lado mais sombrio | Autora: A. G. Howard | Editora: Novo Conceito | ISBN: 9788501050809 |  Páginas: 299 (E-book) | Skoob | Compre aqui

Livro cedido em parceria com a editora para resenha 


    Recentemente eu recebi da editora Novo Conceito o terceiro livro da trilogia de A. G. Howard, Qualquer outro lugar, mas como eu não havia lido nenhum dos livros anteriores confesso que isso funcionou como um impulso e me deixou muito curiosa para ler os três livros, então não perdi tempo e solicitei logo os dois primeiros, que eu logo recebi em e-book. Confesso que minhas expectativas não eram tão altas, mas a Clayci do Sai da minha lente fala tão bem da trilogia Splintered que eu precisava conhecer  a história de Alyssa.
    Alyssa é tataraneta de Alice Lidell, a verdadeira Alice, aquela que inspirou Lewis Caroll a escrever Alice no País das Maravilhas. Acontece que ela sofre bullying por isso, aifinal, sua tataravó foi internada em uma clínica psiquiátrica por falar com objetos inanimados e insetos. Tendo sua mãe Alison seguido o mesmo caminho e ido parar também em uma clínica, Alyssa vive apenas com o pai e conta com apenas dois amigos. Jeb e sua irmã Jen.
    O problema é que recentemente Alyssa se deu conta de que também pode ouvir os insetos e aos poucos ela descobre que isso se trata de uma maldição que atinge somente as mulheres da sua família. Então em uma visita estranha ao hospital onde sua mãe está internada ela descobre que existe mesmo um País das Maravilhas e talvez até um jeito de quebrar a maldição. Pra isso ela precisa concertar os erros de Alice e só assim libertar sua mãe de um destino horrível.
    A escrita da autora foi cativante desde o início e me prendeu rapidamente. Os personagens são muito interessantes e persistentes; a ideia central do livro é empolgante e eu adorei essa cara nova que Howard deu ao País das Maravilhas: sombrio e completamente diferente da versão de Lewis. Ela pegou uma ideia que já era boa e a deixou melhor ainda, muito mais original e empolgante pra ser sincera, apesar de eu nunca ter lido Alice.
    O livro é repleto de fantasia é claro, e mesmo eu sendo uma fã do gênero me senti muito confusa em alguns momentos. O livro tem elementos fantásticos até demais e às vezes fica difícil de entender o que está se passando. Algumas páginas tiveram que ser lidas duas ou três vezes pra eu conseguir captar a mensagem. O enredo tem reviravoltas demais e quando tudo está ficando bem - PLAU - acontece alguma coisa de novo, me deixou com a impressão de que a história vai e volta várias vezes pro ponto de partida sabe? Talvez, em algum momento, a autora tenha se perdido.
    Contudo, eu me apaixonei pelos personagens e pela vida real deles, os acontecimentos fora do País das Maravilhas. Acho que foi isso que me fez dar quatro estrelas ao livro afinal. Alyssa; Jeb e Morfeu são espetaculares e se eu fosse a personagem principal também ficaria confusa quanto aos meus sentimentos porque os outros dois são maravilhosos.
    Enfim, não sei o que esperar do próximo livro. Gostaria apenas que tivesse um pouco menos de fantasia ou que fosse menos nonsense porque eu não tenho paciência pra ler e reler várias vezes a mesma coisa pra ter certeza de que eu entendi. Não me dou bem com livros confusos, mas mesmo assim gostei do plot. Vamos ver o que A. G. Howard ainda tem a me oferecer...

33 comentários:

  1. Oi, tudo bem??

    Eu sempre quis ler esse livro, apesar de não saber ao certo do qu ele se tratava. Me pareceu ser bem legal, também não li Alice, mas a vó que vai ser ótimo ler esse livro.

    Beijos.

    www.livrosecafe.com

    ResponderExcluir
  2. Oii,
    Eu to doido para ler esse livro, minha amiga já leu e adora! Vou pedir emprestado hehe.
    Adorei a resenha!

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Thaisa, não é só a Clay que ama essa trilogia!
    Mas eu gostei. Peguei tudo de primeira, me apaixonei pelos personagens e adoro o Jeb! Sim, tem muitas reviravoltas mas acho que isso da o toque a mais que sempre amamos.
    Bjs

    www.achadosdamila.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Mila, bom saber! Eu gosto muito do Jeb também <3

      Excluir
  4. Eu sempre quis ler esse livro, ele sem dúvidas está na minha lista <3
    Parabéns pelo blog, já estou seguindo para poder acompanhar as novidades

    www.papomoleca.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiiii Thaísa, como vai garota?
    Menina eu sempre vejo esse blog em vários lugares e fico babando diante dessas fotos, principalmente igual essa que tu colocastes. Em relação a obra, com toda certeza eu iria ler, desperta muito meu interesse e quero descobrir o que irá acontecer com a personagem.
    Parabéns pela resenha, e suas fotos ficaram lindas.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, Morgana, a foto não é minha (tem o crédito no post), mas leia sim que você vai gostar!

      Excluir
  6. Nossa que saco você ter se sentido confusa, eu confesso que não sou fã do gênero, não mais, porem eu acho a capa linda, espero que no próximo livro você goste mais e se divirta mais com a história. Ótima resenha, parabéns pelo trabalho.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero Karine, me sentir mais conectada e menos perdida kkk

      Excluir
  7. Oie, tudo bem? É complicado mesmo quando um autor de fantasia coloca muitos elementos, mesmo os leitores que são leitores assíduos do gênero se perdem um pouco. Espero que isso melhore nos próximos livros e que a leitura seja mais fluida e ágil para você.
    Parabéns pela resenha <3
    Beijos!
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada <3 Espero também que nos próximos livros isso melhore!

      Excluir
  8. Ai, menina. Agora fiquei confusa se devo ou não ler o livro. Ao mesmo tempo que tu citou coisas que eu gosto citou também coisas que eu odeio em um livro... Então ainda não sei se tenho vontade de ler. Vou pensar bem.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensa direitinho, pra não se frustrar demais ou perder a oportunidade...

      Excluir
  9. Vocês TODAS estão me deixando muito na hype para ler essa trilogia! Eu que já sou a doida do país das maravilhas provavelmente vou gostar muito!
    Já te adianto que toda a parte nonsense e hiper fantasiosa provavelmente foi tirada da história original, que é uma viagem bem louca! Há chances reais de a falta de sentido me fazer gostar ainda mais da história, hahaha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Má, eu acho que você iria gostar bastante e se sentir menos perdida que eu kkkk

      Excluir
  10. Oiii
    Não gostei desse livro. Principalmente da Alyssa! Nossa como eu achei ela chata. Mas gostei muito do final! Acho que vou ler os outros por curiosidade!
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, sério? Ela não é das melhores mesmo, meu preferido é o Jeb. Achei o Morfeu muito manipulador.

      Excluir
  11. Também recebi o terceiro livro sem ter lido os dois primeiros, mas tenho os físicos aqui, só não consegui iniciar a trilogia ainda. Para ser bem sincera, tenho um pouco de receio de conhecer essa versão sombria do País das Maravilhas. O livro original é bem maluco, rs, então talvez essa confusão que você sentiu seja até proposital. Vou me preparar para ela.

    beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é nada tão darkside também Ju, é mais sombrio, mas nada assustador também

      Excluir
  12. Oie
    sempre ouço falar do livro e parece ser bem legal, gosto bastante quando a história é recontada e tudo mais, muito legal sua resenha e quem sabe eu leia quando tiver oportunidade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se conseguir ler, me conta depois o que achou ok?

      Excluir
  13. Oi, tenho muita vontade de ler a trilogia, talvez seja apenas pelas capas, ou pela ideia de releitura dos 3 livros. Mas lendo a sua resenha e sabendo sobre esse exagero de fantasia e o ar confuso em algumas partes, fiquei meio que com o pé atrás.Não sei quando irei ler, mas quando o fizer, irei com menos sede ao pote.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, vá com calma e sem muitas expectativas!

      Excluir
  14. Oi Thaisa.
    Eu tinha muita expectativa em torno dessa leitura, mas me decepcionei um pouco quando li, para mim foi uma leitura mais arrastada e tediosa. Não sei se vou animar de comprar os outros livros, as vezes por curiosidade em saber como finaliza.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É chato começar uma história e não saber como ela termina depois, né?

      Excluir
  15. Bem, eu geralmente costumo não gostar de adaptações que mexam demais com a estrutura da obra original, e confesso que não estou lá muito empolgada pra ler essa trilogia, mas como tbm recebi o terceiro, terei que conhecer a história desde o início... espero não me desagradar [tanto]...
    bjs...

    ResponderExcluir
  16. Ganhei o terceiro livro dessa série, mas ainda não me animei pra começar a série. Achei o enredo legal, mas não é o tipo de livro que me prende sabe?

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei sim, espero que sua experiência seja só um pouco melhor que a minha!

      Excluir
  17. Sou DOIDA pra ler esta trilogia agora que esta completa, por causa da Clayciane mesmo que é fã desta história. Espero não me perder porque não curto livros confusos que temos que ficar indo e voltando sempre pra entender :/

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sté eu também não gosto não e olha que eu amo fantasia, mas fazia tempo que eu ficava confusa assim com um livro kkkk

      Excluir

Tecnologia do Blogger.