Séries: O que eu achei de Gossip Girl

27 de julho de 2016
   "Manhattan... Escola de adolescentes ricos, poucas coisas reais das quais ocupar-se e todo o tempo do mundo para explorar as tentações que a cidade de Nova lorque pode oferecer. O ambiente perfeito para o império da intriga, dos comentários mal-intencionados e os boatos. Dos mesmos produtores de The O.C. Gossip Girl, baseada nas famosas narrativas de Cecily von Ziegesar, que conta a vida de um grupo de jovens milionários através dos olhos de uma bloger que sabe tudo o que acontece em suas vidas, e que é ávida por descobrir e expor qualquer escândalo. Desse modo, acabamos sabendo tudo sobre a intensa rivalidade que há entre Serena e Blair, triângulos amorosos, amigos e inimigos, e tudo o que as mensagens de texto dos celulares podem revelar... Tudo isso a partir da volta repentina de Serena a Manhattan, depois de exilar-se, por vontade própria, em um internato."
Exibição: 2007/2008 | Emissora: CW | Nº de episódios: 18 | Duração: 45 minutos | Gênero: Drama 

    Eu quero começar este post dizendo que eu, mais uma vez, paguei com a minha língua. Mas o que isso quer dizer? Quer dizer que eu tinha um pré conceito formado sobre Gossip Girl, julguei mal a série e acabei me surpreendendo positivamente. Mudei logo de opinião, pra ser mais clara.
    Acontece que eu raramente me interesso por séries adolescentes no estilo de Gossip Girl ou Pretty Little Liars, porque é sempre a mesma coisa: babado, confusão e gritaria. E é claro que GG tem mesmo tudo isso, só que tem muito mais. A série me prendeu de tal forma que eu não ia conseguir dormir sem vir aqui confessar que assisti a primeira temporada em um só dia em plena maratona literária de inverno: num sei, tô loka. Mas vamos ao que interessa, né mores?
    Serena Van Der Woodsen havia abandonado sua vida no famigerado Upper East Side, sem falar pra ninguém os motivos, nem mesmo para sua melhor amiga Blair. E quando ela volta pra cidade, também sem avisar ninguém, o blog de fofocas "Gossip Girl" bomba com a notícia. Todos querem saber os segredos que a fizeram sumir e, depois, a fizeram voltar. Mas Blair não está tão contente com a volta da amiga, está sim receosa por ter sido abandonada numa época difícil e também se sente insegura por saber que Nate, seu namorado, guarda sentimentos por Serena.
    Blair é extremamente manipuladora e mimada, então é um pouco previsível que as intrigas entre ela e Serena saiam um pouco do controle. Mas Serena não quer mesmo saber de Nate, porque acaba se apaixonando por Dan Humpfrey, um pobretão (o que também traz muitas discussões pro enredo). Mas além das brigas por macho a série traz questões realistas sobre relacionamento; bullying; disputa de classes; traição; amizade; família e mais um  milhão de coisas.
    É óbvio que em alguns plots são muito fúteis mesmo e mesquinhos, mas não é só disso que se faz Gossip Girl. Isso foi o que me surpreendeu, o realismo por trás dos diálogos e me identifiquei bastante com alguns deles. Todo mundo que assistir vai lembrar da própria adolescência e, quem sabe, até sentir saudade da época mais difícil de nossas vidas. A fase mais complicada e rebelde, onde estamos tentando descobrir quem somos e qual a melhor maneira de aceitar a nós mesmos.
    Tem bastante romance, festa, bebida, insinuação de sexo e drogas. E no final da temporada acabei até gostando muito do quarteto formado por Blair; Chuck; Serena e Nate. Aprendi, aos poucos, gostar de cada um dos personagens, mesmo com os defeitos que eles tem. Foi praticamente impossível terminar sem querer já dar play na segunda. Espero conseguir ver a série toda logo, em breve eu volto pra contar o que eu achei da segunda temporada!

20 comentários:

  1. Nunca vi essa série, e boa parte do motivo é preconceito também. Li o primeiro livro quando era mais nova e me diverti bastante, mas também achei bem fútil... Só que fútil de um jeito muito amor, preciso admitir, hahaha.
    Eu ainda tô séculos atrasada com Pretty Little Liars D: mas se algum dia tiver a lista de séries mais livre e estiver afins de ver séries antigas, com certeza vou assistir GG... E Sex and the City, que eu também não vi, HUE.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Sabe aquelas pessoas que não curtem séries? Pois é, existe e EU sou uma delas. Mas gostei de saber que ela é no estilo adolescente, mesmo com aquele Bla bla bla todo que sabemos que existem em séries com o gênero adolescente, tipo PPP.. Você conseguiu se surpreender. Como disse, não sou muito fã de séries, mas estou pronta para dar a oportunidade de poder assistir ela. Adorei esse seu post, continue fazendo posts assim, EU AMO!

    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu não vejo séries, mas sempre ouço falar alguma coisa sobre elas. Muito bom o seu post, ficou bem explicado sobre o que se trata GG, da qual já ouvi falar bastante, deu até vontade de assistir.

    ResponderExcluir
  4. Eu AMO ESSA SÉRIE SOCRRO!! Tanto que já assisti inteira duas vezes *o* Miga tu vai adorar!! E quando tu descobrir quem é a/o Gossip Girl VAI FICAR NO CHÃO, ANOTA ISSO!

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  5. Estou no episodio 11 da primeira temporada e quando ainda tava com netflix não conseguia largar.
    Até por que, o próprio netflix já começa um episodio atras do outro é impossível não viciar.
    Mas, sou suspeita sempre amei filmes com esses temas "fúteis".
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Estou no segundo episódio da quinta temporada e gostei muito das considerações. Confesso que me diverti bastante com a série e pretendo termianar e formar mais concepções.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  7. Oi, Thai!

    Eu ainda não vi essa série, mas pretendo ver.
    Tenho muita curiosidade e acho que vou gostar bastante. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Também tinha um pré-conceito com essa serie e, assistindo os primeiros eps, vi que é diferente do que imaginava, mas não muito. Eu gostei dos episódios que assisti, porém não fiquei muito empolgada para continuar. Gostei muito do seu post.
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem?
    Ja ouvi fala sobre essa série, mas não sabia que era tão interessante assim! Ela me pareceu com Pll, e da mesma forma que você eu Não parei de assistir até terminar todas as temporadas. Podem falar que é clichê, mas eu amo series nesse estilo porque querendo ou não tem um contexto, história, rivakidades e disputa entre o bom e o ruim.
    Gostei da dica e sua resenha.

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu odeio PLL e AMO Gossip Girl! Porém, a primeira temporada eu acho beeem fraquinha. O que é ótimo no seu caso, porque se você curtiu essa, as outras você vai amar!
    Eu sou apaixonada por Chuck e Blair, acho o melhor casal EVER! E acho que você vai gostar deles também <3
    Só não gostei muito do final da série, quando descobrimos quem era a famosa Gossip Girl... fiquei tipo: é sério isso, produção??? hahahah!
    Assiste as outras temporadas logo e vem contar pra gente o que achou! xD
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Oii Thaísa, como vai?
    Infelizmente não tenho interesse de assistir essa série, tentei algumas vezes mas acabei desistindo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Oi Tha!
    Antes de qualquer coisa gostaria de dizer que o seu pré conceito sobre pll esta completamente errado, não é nem um pouco uma série de "babado, confusão e gritaria".
    Eu comecei a assistir GG há mais ou menos um ano atrás e não passei da primeira temporada. Não é que seja chata, mas nada na série me prendeu a ponto de querer continuar acompanhando.

    Beijos
    www.mundoinvertido.com

    ResponderExcluir
  13. Oi flor, continua vendo que tu vai amar ainda mais, eu sou apaixonada pela Blair e pelo Chuck, a evolução deles nesses anos foram incríveis, recomendo muito tu continuar.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  14. Oi flor, continua vendo que tu vai amar ainda mais, eu sou apaixonada pela Blair e pelo Chuck, a evolução deles nesses anos foram incríveis, recomendo muito tu continuar.
    Xoxo

    ResponderExcluir
  15. Oiiii!!
    Eu já conhecia a série, mas nunca senti vontade de ver. Eu sou bem chata para séries, portanto, para eu assistir uma, tem que ser sobre algo bem diferente.
    Não sei se eu iria gostar deste seriado. Pode ser que eu arrisque ver mais para frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Oi Thaisa, tudo bem?
    Acredito que vou acabar como você, uma das pessoas que julgava mas que talvez goste. Eu gostei mais ou menos do que li no seu post, tem coisas que sei que não vão me agradar mas mesmo assim estou disposto a dar uma chance a série

    ResponderExcluir
  17. Essa série é muito nostálgica pra mim, apesar de não ter concluído todas as temporadas é uma das melhores séries que vi. A trama e os personagens são bom demaaaais <3
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Nunca me senti atraída a assistir a série porque eu acho meio superficial sabe? EU ACHO. Não julgo ninguém que goste, só não faz meu tipo.
    htttp://www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  19. 'Acontece que eu raramente me interesso por séries adolescentes no estilo de Gossip Girl ou Pretty Little Liars' me definiu, não por eu achar ruim, mas por não ser bem aquilo que procuro hoje, no entanto, isso não me impossibilita de às vezes, dá uma olhadinha, esses dias vi uma série bem nesse estilo adolescente e curti bastante. Que bom que você terminou a temporada com gosto de quero mais, espero que consiga assistir a próxima.

    ResponderExcluir
  20. Eu acompanhei a serie por um bom tempo, depois acabei me irritando pq não ia p lugar nenhum, voltei p acompanhar a ultima temporada e foi uma tremenda decepção.
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.