Beda 04 | Instagram pessoal x Instagram do blog

4 de agosto de 2016

Foto: WeBlogYou
    Oi oi gente, tudo bem? Hoje eu vou falar um pouco de algo que tem me incomodado bastante e que me levou a fazer algumas mudanças. E mudanças são sempre difíceis pra mim. Eu sou dessas que quando tem uma ideia quer realizá-la á todo custo, mas ainda sim eu me seguro ao máximo porque na maioria dos casos eu me arrependo muito da tal mudança e fico choramingando pelos cantos depois.
    Recentemente eu tive que cortar um bom tanto do meu cabelo pra recuperar a vida dele, porque as pontas não tinham mais jeito, e fiquei muito chateada com o comprimento dele (que foi parar no ombro) e eu odeio cabelo no ombro, então o que eu fiz? Cortei no pescoço mesmo, porque eu não sei brincar gente. Cabelo pra mim ou é no meio das costas ou é na orelha, no ombro eu odeio. Mas não é sobre isso que eu vim falar hoje aqui, então vamos pro que interessa:

    Quando você cria uma rede social é necessário que você tenha um certo bom senso e saiba escolher quais conteúdos compartilhar ou não na internet. E com quem compartilhá-los. Principalmente no Instagram e no Facebook. Não dá pra simplesmente postar qualquer foto e sair correndo, né gente? Quer dizer, é claro que sempre tem aqueles usuários que vão fazer isso, mas eu costumo me policiar muito com o que eu devo ou não mostrar nas fotos ou nos posts que eu faço. 
    Sendo blogueira e tendo um certo público, seja ele grande ou pequeno, é preciso tomar mais cuidado ainda com o que se diz por aí. Eu por exemplo, nunca gostei de expor namoro e vida pessoal nas redes sociais (só no twitter, que eu uso pra desabafar mesmo). Mas a ideia que eu tenho na minha cabeça é que o pessoal que me acompanha lá nas redes sociais por causa do blog, quer ver conteúdos sobre o blog, certo? Não consigo imaginar que as pessoas vão querer saber qual roupa estou usando hoje ou o que eu fiz no final de semana. Meus seguidores no Instagram, por exemplo, querem ver fotos dos livros que eu recebo; da minha leitura atual; da minha estante...
    Mas isso chegou num ponto sufocante pra mim nos últimos dias, porque por outro lado eu gostaria muito de poder me sentir à vontade pra postar fotos com os amigos; fotos aleatórias que eu gosto de fazer nos meus passeios; fotos de paisagem ou objetos e afins. E eu não sentia essa liberdade no meu próprio Instagram, que é a rede social que eu mais gosto, então eu fiquei muito chateada e até parei de postar por alguns dias. Mas tive uma ideia: separar a minha vida pessoal da minha vida de blogueira. Não vou dizer vida "profissional" porque o blog não é minha profissão, mas minha válvula de escape.
    Eu já usava desde o começo dois perfis no Twitter: um para o blog e o meu pessoal. Em um deles eu falaria só sobre livros; séries e filmes e no outro eu reclamaria sobre a vida. Funciona desde sempre, então resolvi criar um novo Instagram só pra mim e minha vida pessoal, mas pensei muito mesmo antes de criar o tal perfil, afinal, começar do zero nunca é fácil né? Ponderei todos os prós e os contras e senti muito medo da mudança. Achei que ninguém fosse querer me seguir; que fossem achar desnecessário ou frescura minha; fiquei com dó de privar meus outros seguidores daquele conteúdo novo, mas no final foi tão libertador que eu precisei vir aqui dizer o quanto. Sem falar na nova funcionalidade do app que permite você alternar em várias contas sem precisar fazer login várias vezes, que ajudou bastante.
    Eu não sou famosa, nem conhecida, muito menos parada na rua por causa do blog. Ninguém sabe quem eu sou onde eu moro e é gostoso desse jeito. Mas é fato que, expor a sua vida na internet é um perigo constante e você tem o direito de escolher com quem você vai compartilhar aquele conteúdo então no fim das contas, então só se saber que agora eu posso postar foto do que eu quiser sem ter que me importar se vou perder seguidores ou não por causa disso me dá uma sensação de poder sobre a minha vida que é muito importante. Ter duas contas pode parecer coisa boba, mas agora eu sei que ao menos em uma delas eu posso ser eu mesma e postar o que eu achar que devo e saber que só me acompanha ali quem realmente tem interesse em saber quem eu sou nos bastidores disso tudo. 
    Então é isso gente, eu só fiz esse texto enorme pra falar que tem perfil novo no Instagram e se você estiver curioso ou tiver vontade de conhecer um pouco mais do meu dia-a-dia é só CLICAR AQUI. Beijos e até a próxima, fui!

42 comentários:

  1. te sigo em qualquer @ sua linda

    ResponderExcluir
  2. Eu até pensei em criar um insta só para o blog, mas acaba que no meu pessoal eu posto mais coisas do blog do que minhas mesmo KKKKK Então né, acaba que é meio que um perfil "nosso". Um beijo!

    www.fleurdelune.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, tem que pensar bem, nem sempre compensa, né?

      Excluir
  3. Acho que chega uma hora que a gente tem que separar as coisas para não virar bagunça. Concordo contigo quando você diz que é libertador você poder postar as coisas que bem entende sem se preocupar se isso se enquadra ou não temática, no que os outros vão achar.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tava assim mesmo, uma bagunça. Não só no feed, mas na minha cabeça!

      Excluir
  4. Hey, Thaísa!

    Menina, eu não dou conta nem de cuidar das coisas que já tenho, imagina se eu criar mais... rsrs.
    Mas a única coisa que tenho separada só para o blog é a página do facebook mesmo. As demais redes sociais são contas em meu nome e não no nome do blog, portanto eu posto nelas todo tipo de coisa... coisas minhas e coisas sobre livros que, é claro, fazem parte de mim.
    Não tenho essa preocupação que você teve. E espero não ter! rs

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sandra, espero que não tenha mesmo, é um processo bem "complicado".

      Excluir
  5. Eu sinceramente não entendo essa angústia de se vão me seu ir ou não...Se é um instagram pessoal, seus amigos vão te seguir, ué. Sucesso com o novo perfil. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, minha preocupação não é se o pessoal vai ou não me seguir. Mas o conflito em exibir ou não a minha vida pessoal no insta do blog.

      Excluir
  6. Olá!
    Eu tenho duas contas, uma do blog e uma pessoal, acho mega nada a ver misturar as coisas.
    O meu instagram pessoal funciona mais como um álbum de fotos para mim, rs. Só posto foto lá mesmo. Não posto em facebook, nem nada. E é bacana para acompanhar os amigos e vice versa.
    Sucesso com o instagram novo e poste sem medo de ser feliz rs!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Jess, acho que você entendeu bem o que eu quis dizer!

      Excluir
  7. Oiii.
    Concordo plenamente temos que separar muito bem as coisas e prestar muita atenção com o que publicamos nas redes sociais. Eu não tenho instagran separado mas presto muita atenção com o que posto.
    Adorei o post, parabéns.
    Bjs Mary
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá.
    Eu te entendo perfeitamente.
    Eu só tenho meu perfil pessoal no Instagram que uso pra postar coisas do blog e outro dia em uma festinha aqui em casa tirei uma foto corri pra postar no IG e logo desisti, pq achei que não ia combinar. Fiquei super chateada pq o IG também é minha rede preferida.
    Logo sou eu que vou fazer mudanças e como vc também não gosto nada!
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcia, boa sorte, espero que sua transição ocorra bem!

      Excluir
  9. Muito legal a sua sinceridade em relação a isso! Estou nesse dilema também, por isso eu tenho usado mais o Facebook do que o meu insta para me comunicar oi até msm postar fotos. Não que no meu IG n tenha fotos minhas, mas estou me policiando! Ainda bem que vc se libertou kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente tem que ter essa liberdade né, esse espaço pra nossa vida pessoal. Senão parece que nossa vida só gira em torno do blog!

      Excluir
  10. Como o nicho do seu pessoal é mais centrado, acho ótimo esta separação miga <3 To seguindo no pessoal e do blog!!

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade né? Se fosse um blog mais abrangente, talvez eu não me sentisse assim!

      Excluir
  11. Oi, Thai!
    Acredita que a minha história com o Instagram é justamente oposta à tua? Eu tinha um perfil pessoal e o do blog, mas achava uma droga ficar trocando de um para o outro e, ultimamente, deixei o meu pessoal de lado... Como eu não costumo publicar muitos detalhes da minha vida (sou professora e expor certas coisas é meio complicado), não senti falta do primeiro perfil, que está lá, paradinho. Talvez eu volte a usá-lo algum dia.
    Beijo.
    Ana Karina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, como agora o instagram tem essa opção de usar várias contas num login só, achei mais prático mudar mesmo e eu ADORO postar fotos pessoais!

      Excluir
  12. Oi, Thaísa. Tudo bem?
    Sabe que antes eu me sentia exatamente assim? Uso o mesmo perfil como pessoal e como do blog, mas antes não me sentia à vontade pra postar coisas pessoais, mesmo sempre postando mais de livros. E quando postava de livros ficava pensando que meus amigos poderiam ficar saturados disso. Mas, depois de entrar na faculdade comecei a ligar o "foda-se" pra tudo. Posto o que quero e se alguém não gostar é só deixar de me seguir. Mas, claro que entendo que cada um pensa e se sente diferente, então que bom que tomou uma decisão. E se se arrepender, é só voltar, né?
    Beijos <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, nada está perdido, caso eu me arrependa é só voltar. Mas acho difícil de acontecer, viu?

      Excluir
  13. Oiii
    acho importante separar as coisas. Eu não tenho Instagram pessoal, só do blog mesmo. Mas já deixei de seguir igs de blogs, porque as pessoas postavam coisas que não eram relacionadas com o blogs delas.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também, por isso a minha preocupação!

      Excluir
  14. Eu não vejo problema em misturar os perfis. Até porque meus livros não se leem sozinhos,há uma pessoa ali. E se o leitor gosta do blog é por causa da pessoa que o criou, assim espero. Então eu tenho um perfil único no Instagram e o uso para blog e para pessoal (tanto como leitora, como bailarina e escritora) e por enquanto tudo ok. Mas...! História de vida é pessoal! Se vc se sente muito melhor separando as contas, manda ver, garota! Faz o que te deixar ais confortável!... Bj e sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, o objetivo por trás de tudo isso é me sentir confortável!

      Excluir
  15. Chegou um momento onde realmente ficou complicado manter um único instagram para fotos pessoais e do blog. Depois que separei tudo se resolveu e ficou mais fácil lidar com as duas coisas, se bem que o ig pessoal ficou bem mais esquecido, rsrs.
    Abraço;

    http://estantelivrainos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tem um que a gente acaba atualizando mais, né? Mas é normal isso!

      Excluir
  16. Eu ainda não tive essa vontade de ter um insta pessoal. Acredito muito que não tenho algo interessante sobre mim pra postar, então mantenho só o do blog. Concordo com você sobre esse senso que as pessoas deveriam ter sobre o que postar, principalmente se for uma ferramenta que tu usa pra divulgar o seu trabalho.

    Nunca me cansarei de dizer que suas fotos são lindas *-* kkkk
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, Sofia, muito obrigada guria! E eu acho teu blog incrível <3

      Excluir
  17. Isso é bem compreensível, mas apesar de fazer sentido eu nunca consegui separar vida bloguística de vida pessoal. Mas a pessoa tem que fazer conforme for melhor pra si, né.

    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, cada um tem que agir da maneira como se sente melhor, né?

      Excluir
  18. Olá
    muito legal seu texto sobre redes sociais e como as pessoas o usam, eu concordo com você em vários aspectos, adorei ver isso por aqui

    BEIJOS
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Cath, fico contente de estar acertando no conteúdo!

      Excluir
  19. Vou te dizer, essa foi a melhor escolha. Desde o começo do blog eu já pensava isso e então eu já fiz outra conta pra deixar tudo separado. Apesar do blog estar bem próximo da minha vida pessoal, os leitores nem sempre estão lá por mim, mas sim pelo conteúdo, por isso logo separei tudo. Foi o certo a se fazer.
    Abraços, Carlos.

    http://triplicenerd.blogspot.com.br/
    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Carlos, as pessoas querem fotos fofinhas e dos livros, não querem saber o que eu faço no meu tempo livre ALÉM de ler kkk

      Excluir
  20. eu smpre tive um insta pro blog e outro pessoal, acho necessário separar justamente pra ser mais livre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A gente fica mais tranquila assim, né? Pelo menos eu me sinto mais leve kkk

      Excluir
  21. Olá! Eu fiz isso também. Estava saturada de apenas falar de livros, não que eu não goste, afinal se criei é porque gosto. Mas, o blog tornou-se algo mais profissional e como engloba parcerias me sentia limitada. Então, criei não só um novo blog com meu nome, mas redes sociais ligadas a ele. E estou amando ser livre pra falar abobrinhas! rsrsrs
    Meu perfil literário é Cia do Leitor e o meu pessoal é Nizete Ribeiro, simples assim!!
    Apoiada, vou te segui tbm.
    Bjos
    Ni
    Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  22. Thaísa, me sinto exatamente como você, as vezes fico com muita vontade de postar fotos minhas fora do tema do blog no instagra. O instgaram do De volta ao retrô tem mais fotos de inspiração do que fotos minhas mesmo, mas ainda me arrisco em postar de vez em quando algo mais pessoal, quero aos poucos deixar ele mais pessoal, mas assim como você me limito muito em colocar certos tipos de coisas, daí também criei um perfil pessoal no qual me sinto mais a vontade em postar coisas minhas.

    Mas as vezes fico pensando, poxa somos seres complexos e gostamos de uma variedade de coisas, só porque meu blog fala de retrô tenho que postar apenas coisas retrô? Sempre fico pensando nisso sabe, é meio que se limitar. Mas acho que se a gente começar a postar coisas fora do tema que falamos aos poucos, pode ser uma boa também, claro que postando aquilo que sentimos a vontade em postar.

    bjus

    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.