Beda 26 | Resenha: Não Olhe!, Fml Pepper

26 de agosto de 2016

   "Zyrk pode estar com as horas contadas: a híbrida acabou de cruzar o portal e o frágil equilíbrio entre os quatro clãs encontra-se definitivamente ameaçado. Há milênios forças ocultas espreitam, aguardando apenas o momento de emergir das sombras e mostrar seu poder. Fugir e sobreviver. Aceitar e lutar. Há muitos caminhos, mas qual deles seguir se a Morte possui várias faces? Nina acorda entre a vida e a morte na terceira dimensão, levada para a sombria Thron. Richard, o nada confiável resgatador de apaixonantes olhos azul-turquesa, luta contra sua própria natureza. Cruel e sanguinário, Rick está confuso e cada vez mais cercado por seus inimigos. Mesmo o melhor dos guerreiros, o mais temido e destemido, está protegido da força de um grande amor? Ele e a híbrida viajarão por toda Zyrk, e ela irá se deparar com um universo fantástico, um mundo violento, o plano da Morte. Lutando para se libertar de seus medos e determinada a encontrar seu caminho e sua identidade, Nina embarcará em uma jornada de descobertas arrasadoras, um percurso sem volta.Mas a garota das pupilas verticais descobrirá que as vontades do coração podem ser mais traiçoeiras que lendas ou maldições."
Título: Não Olhe! Trilogia Não Pare! #2  | Autora: Fml Pepper | Editora: Valentina | ISBN: 9788565859691 | Páginas: 352 | Skoob | Compre aqui
Livro cedido em parceria com a editora para resenha


   Se você ainda não leu a resenha do livro anterior, confira aqui neste link, pois não garanto que não haverão spoilers neste post. Se você já leu a resenha, ou o primeiro livro da trilogia, pode seguir em frente!
    Há alguns meses eu resenhei por aqui o primeiro livro da Trilogia da autora Fml Pepper e posso dizer que fiquei extremamente surpresa com o quanto me apeguei aos personagens e com a história, fiquei muito envolvida e não via a hora de poder ler o segundo livro então quando a editora Valentina disponibilizou o mesmo para resenha eu não pude perder tempo, né? 
    Nina se apaixonou por Richard, mas descobriu que ele é a sua Morte e que eles não podem ficar juntos, afinal o dever dele é matá-la. Acontece que assim como Nina, Rick também se apaixonou e agora se vê em conflito entre cumprir seu dever como melhor resgatador de Zyrk ou arriscar sua vida para ficar junto da mulher que ama. Eu particularmente gosto de um romance em que o casal demora pra ficar junto, supera alguns obstáculos e sofrem com toda aquela tensão e desejo no ar. 
    A narrativa da autora se manteve espetacular e o universo que ela criou fica mais interessante a cada página. Não é tudo tão simples quanto eu esperava, existem algumas profecias ou maldições que ela usa como "carta na manga" e isso faz com que você leia o livro formando várias teorias na sua cabeça, nada é entregue de graça. O livro te faz pensar e eu adoro isso numa leitura.
    Algumas coisas, porém, me incomodaram no enredo. Como por exemplo a teimosia de Nina, de ir contra os seus sentimentos e não confiar em ninguém em  momento nenhum. Ao contrário do primeiro livro, neste segundo volume ela me pareceu um pouco mais mimada, mas isso não dura o livro todo... No final as coisas melhoram. Outra coisa que me incomodou foram algumas reviravoltas do enredo: Nina foge várias vezes de vários lugares; em um momento o vilão é um e em seguida você acha que é outro e também o fato de a personagem principal ficar à beira da morte várias vezes, abusando bastante do clichê de donzela em perigo.
    Contudo, apesar das ressalvas, eu considero a trilogia uma das minhas fantasias favoritas e com um dos melhores roteiros. A mitologia de Pepper é extremamente criativa e se desenvolveu significativamente do primeiro para o segundo volume, então tenho altas expectativas para o terceiro livro também. Espero apenas que a personagem principal seja menos impulsiva e dê menos faniquitos. Fora isso, tem tudo pra ser uma leitura incrível também. 
    Não encontrei muitos erros na revisão do livro e amei a diagramação do mesmo, ficou muito bacana e a Editora Valentina só tem caprichado mais e mais! 

Um comentário:

  1. Eu tô passada que a autora e a trilogia são nacionais. Não sei por que, mas jurava que era internacional - isso é basicamente o tanto que eu entendo dos nossos autores nativos. Shame on me.
    Eu conheci a Fml Pepper por você na Bienal do Livro, e antes de ler a sua resenha não tinha a menor ideia de sobre o quê a trilogia falava. Não me arrependo de ter lido essa resenha primeiro, antes da de Não Pare!, acho que contribuiu pra me deixar curiosa, hahaha. Vou guardar esse título com muito carinho pro futuro.
    Sentimentaligrafia

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.