Beda 27 | Meus gêneros literários favoritos

27 de agosto de 2016
    Oi oi gente, tudo bem? O BEDA está chegando ao fim e estou contente por ter chegado tão longe logo na primeira vez em que participo, posso dizer que foi bem cansativo e corrido bolar vários posts; programá-los e divulgá-los, mas também está sendo muito divertido e gratificante fazer parte dele.
    Hoje eu resolvi falar de um assunto que eu nunca pus em pauta por aqui e que já estava mais do que na hora de ser trazido para o blog. Como blogueira literária, vocês já tem me ouvido falar várias vezes em algumas resenhas sobre os gêneros literários que compõem a minha zona de conforto, mas nunca falei abertamente sobre eles em um único post então basicamente é isso. Estou aqui pra contar quais gêneros são os meus favoritos e além de explicar um pouco melhor de cada um deles, dar dicas de leituras também. Bora lá?

Fantasia
   É uma vertente da ficção, que geralmente envolve fenômenos sobrenaturais e/ou magia como elemento do enredo principal de um livro. Na fantasia você também pode encontrar criaturas e itens mágicos, mas se engana quem pensa que é só disso que ela se trata.
   A Fantasia também pode se misturar com a realidade e com algumas mitologias, além se não se prender somente à literatura, mas ao cinema e a musica também. Mas é claro, que existem as chamadas High Fantasy onde são criados universos inteiros e únicos, com suas próprias leis e culturas, completamente diferentes do nosso mundo real.

    Eu recomendo: Harry Potter; Os Instrumentos Mortais; As Crônicas de Nárnia; A caçadora de bruxos; A Guardiã de histórias; A maldição do Tigre e O despertar do príncipe.

Distopia
   Antes de entendermos a literatura distópica devemos saber que a Distopia, também conhecida como antiutopia, é um conceito filosófico adotado por diversos autores, nas quais as construções sociais são opostas as da utopia, que prevê um sistema perfeito ou estado ideal e totalitário. Ou também pode apresentar um regime utópico e desconstruí-lo dentro do próprio enredo.
   Dentro de livros distópicos você vai encontrar política, com narrativas irônicas e bem críticas. Onde, após a consolidação de um regime utópico, a distopia em si vai ter o início quando algum personagem ou ou um grupo deles resolver se rebelar. Geralmente a distopia é vista como um subgênero da Ficção Científica, por se passar em tempos futurísticos e possuírem tecnologias avançadas. Mas não é regra e o gênero vem se destacando no mercado literário com algumas sagas atuais.

   Eu recomendo: Divergente e Feios. Porém, livros que eu ainda não li e fazem parte da literatura distópica são: Jogos Vorazes; Laranja Mecânica e Farenheit 451 (que são muito bem criticados por aí).

Young Adult (YA) 
    A literatura Young Adult (Jovens-adultos) vem ganhando o seu espaço nos últimos anos. É um gênero literário voltado para um público mais jovem, na média de 14 a 21 anos, mas que se separa do gênero Infanto-juvenil, pois deixa de lado a ingenuidade dos núcleo de personagens principais para tratar de temas mais adultos de uma forma mais leve, como uma introdução e não de uma visão muito aprofundada.
    Este gênero sempre vai estar acompanhado de alguma outra vertente no enredo principal, como Romance; Terror; Fantasia; Ficção Científica e por aí vai. Tem como característica personagens adolescentes e aborda temas que envolvem este período da vida. Ou seja, você vai encontrar de tudo um pouco nestes livros: Identidade; Sexualidade; Depressão; Relacionamentos; Abuso de drogas; Status e vários outros. Costumam ser leves por apresentar senso de humor e uma escrita clara.

   Eu recomendo: A culpa é das estrelas; Cidade de papel e As vantagens de ser invisível. Mas existem muitos outros livros ótimos de YA por aí!


New Adult (NA)
    É um gênero ainda em ascensão, ficando cada vez mais popular entre os jovens também. New Adult (Novos adultos em tradução livre) é uma classe literária proposta pela editora St. Martin Press, que a utilizou para definir os livros direcionados aqueles que já são legalmente adultos, mas que ainda estão buscando qual seria exatamente o sentido de ser adulto. São livros para um público um pouco mais velho, basicamente uma transição entre a literatura Young Adult e a literatura Adulta propriamente dita. Creio eu que dos 18/21 para cima.
    Os elementos que geralmente fazem parte do enredo principal nesses livros são uma espécie de "primeiros passos" então você vai encontrar assuntos como faculdade; primeiro emprego; confronto familiar; primeira relação sexual e entre várias outras primeiras vezes, a busca do personagem principal pela sua independência e identidade. Costumam ser livros com visões mais realistas e tratam de uma forma mais profunda os assuntos que foram introduzidos no gênero Young Adult.

   Eu recomendo: Raio de Sol e Talvez um dia, mas estou ansiosa para ler O lado mais feio do amor.

Romance 
   Romance é um gênero extremamente difícil de ser definido, pois ele se divide em várias vertentes e subgêneros. Seria preciso percorrer dentre vários séculos pra que eu conseguisse explicar toda a construção histórica e social dessa classe literária, mas ele é, segundo Mário Luiz Frungillo, professor do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL), da Universidade Estadual de Campinas, a Unicamp "uma narrativa ficcional em prosa, mais longa que o conto ou a novela". É um gênero flexível e portanto sua estrutura pode variar muito de um livro para o outro.
    Mas falando aqui daqueles romances com açúcar, livros que não envolvem características fantásticas e que geralmente são voltados para o público adulto +30, posso dizer que é um gênero que eu raramente leio, pois costumo me divertir com o romance como subgênero apenas, ou seja, dentro de um livro de fantasia ou feito para jovens adultos. Porém, já faz alguns anos que me apaixonei pela escrita de Jojo Moyes e isto começou a mudar, comecei a ler mais romances.
    Gosto deles porque são mais realistas e abordam temas como família; amizade e carreira. Mas ainda não tenho uma bagagem muito grande e pouco entendo do gênero, afinal, como eu disse, é um pouco complexo de entender.

    Eu recomendo: O lado bom da vida, A última carta de amor, Em busca de abrigo e basicamente todos os livros da Jojo!
   
    Lembrando que os livros raramente são classificados com apenas um gênero, então uma Fantasia pode ser YA e um NA pode ser um romance. E que gosto é uma coisa peculiar e individual, então talvez vocês não aproveitem minhas dicas tanto quanto eu gostaria, mas se tiverem sugestões de gêneros e livros deixem nos comentários!

17 comentários:

  1. Anotei pq agora sei os gêneros quando for te dar presente <3
    Eu amo Fantasia, Distopia, Policial e Ficção cientifica hahahaha
    Tudo junto e misturado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Policial eu não gosto muito não Clay, mas o resto é só amor <3

      Excluir
  2. Gente que recomenda Feios! <3
    Eu também amo distopia e fantasia! É tão mágico ler coisas que fogem totalmente da nossa realidade...
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ana, embora muitas pessoas critiquem o gênero, eu amo e não me envergonho de ler!

      Excluir
  3. eu amo fantasias, é meu gênero favorito da vida kkkk

    ResponderExcluir
  4. Gosto de algumas distopias e fantasias, romances tenho fases (e na adolescência ainda devorava nas férias, jogada na rede, aqueles romances de banca de jornal). Atualmente minhas leituras preferidas estão sendo policial/criminal, horror, ficção científica. É difícil listar gêneros favoritos, já que comigo a coisa funciona meio em fases, muda de tempos em tempos. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, comigo raramente muda, viu? Meu gosto é basicamente esse, só um gênero ou outro que eu acrescentei com o tempo. Mas claro, há exceções sim!

      Excluir
  5. Fantasia e distopia também estão entre os meus favoritos. Curto alguns romances, mas ainda não dediquei alguma atenção aos outros dois gêneros, coisa que pretendo fazer em breve. Ótimo artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Leno, que bom que gostou. Distopia e Fantasia são gêneros maravilhosos!

      Excluir
  6. Lendo essa sua postagem meio que descobri que gosto de romance. kkk Compartilho do mesmo gosto literário que você e gostei de pegar algumas dicas de novas leituras que você deixou no final de cada gênero. Ainda não li nada da Jojo, mas fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, espero que goste da escrita dela, é minha favorita do gênero!

      Excluir
  7. Sou apaixonada por Fahrenheit 451 <3 adoro esse tipo de literatura
    Deixo aqui uma dica de livro que mistura os gêneros de romance, fantasia e ficção histórica: Outlander... Sobre viagens no tempo, mitologia gaélica, história... Muito bom!

    Inajara

    www.vintageandgeek.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ina, sou doida pra ler este, espero conseguir fazer isso em breve, viu? Mas também anotei as outras dicas que você deu!

      Excluir
  8. Eu conheço bem pouco de YA e NA, mas tenho muita vontade de ler mais! Acabo não conhecendo muitos por falta de indicação e por medo mesmo. Tenho muita curiosidade de ler os da Rainbow Rowell, mas sempre rola aquela insegurança de não gostar D: Inclusive, realmente aceito indicações aqui. Eu AMO As Vantagens de Ser Invisível e O Lado Bom da Vida, esse último é um livro muito queridinho pra mim. Por outro lado, não vi nada demais em A Culpa é das Estrelas, inclusive nem chorei porque sou má.
    Lógico que, se eu fizesse uma lista assim, teria também terror e dark fantasy <3
    Sentimentaligrafia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cela, eu adoro YA e se você quiser começar pela Rainbow, eu ouço falarem muito bem dos livros dela, se eu não me engano só li um da autora e não gostei muito (mas muita gente amou) kkk vai entender.

      Excluir
  9. Amo muitos livros de distopia, fantasia e romance... Mas na real, eu não me prendo a gêneros não, adoro romances policias, livros de história e de ficção cientifica também <3

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.