Resenha: Três vezes nós, Laura Barnett

21 de novembro de 2016
   "Uma jovem mulher com uma bicicleta quebrada após desviar de um cão. Um homem que ela poderia facilmente ter deixado passar, sem parar, levando consigo uma vida inteira, uma vida que poderia nunca ter sido dela. Eva Edelstein está no segundo ano do curso de Inglês na Universidade de Cambridge. Ela namora David Katz, estudante e aspirante a ator. A vida de Eva parece bem encaminhada, quando, no campus da universidade, ela conhece acidentalmente Jim Taylor, estudante frustrado de direito. Há três versões, três realidades diferentes para o futuro de Eva e Jim, dos anos 1950 até os dias atuais. Se o nosso futuro é uma encruzilhada, gostaríamos de saber qual caminho seguir? E depois, ficaríamos felizes com a nossa escolha? Três vidas. Três histórias. Três destinos... permeados com traições e ambições, mas também com amor e arte. Três vezes nós explora a ideia de que há momentos em nossas vidas que poderiam ter sido diferentes e como pequenos fatos ou decisões que tomamos podem determinar o rumo da nossa vida para sempre."

Título: Três vezes nós | Autora: Laura Barnett | Editora: Novo Conceito | ISBN: 9788581638379 |  Páginas: 384 | Nota: 2/5  | Skoob

Livro recebido em parceria com a editora para resenha
   Várias vezes me peguei pensando, ao ler um livro, como seria o final dele se alguns acontecimentos tivessem sido diferentes? Em Três vezes nós isto se tornou possível, pois o livro conta três versões de uma história com os mesmos personagens. Todas elas começam no mesmo lugar, o mesmo ponto de partida, mas em cada uma tem algo de diferente que vai fazer com que elas se desenvolvam de forma única e, portanto, dando ao leitor três finais diferentes também para o mesmo casal. Eva e Jim.
    Na primeira versão Eva cai de bicicleta e Jim não só oferece ajuda como a convida para uma bebida, ela aceita e então a história tem seu início ali; na segunda versão Eva cai de bicicleta e Jim oferece ajuda, mas ela volta para casa e mais tarde comenta o episódio com seu namorado David e na terceira versão Eva e Jim também se conhecem, mas após um fator X ela o abandona e escolhe voltar para David. Não pretendo dar mais detalhes sobre cada uma porque isso pode estragar a sua experiência.
    Achei a proposta do livro sensacional, embora não haja intervalo entre uma versão e outra e isso torne o livro confuso do começo ao fim. Em alguns momentos minha vontade era de ler apenas as versões 1 e 3, mas conforme a história se desenrolava eu fui me apegando a 2 e gostando menos das outras duas e assim sucessivamente eu mudei de opinião sobre elas várias vezes. Não sei dizer se existe uma a qual eu gostei mais ou não.
   Como eu disse, a autora tinha uma proposta ótima e  muito criativa pra vender, a escrita também não era ruim. O livro tinha tudo pra dar certo, um potencial enorme que poderia ter sido melhor utilizado. Uma das coisas que mais me cansou na leitura foi o abuso dos mesmos elementos em vários momentos, por exemplo a traição, os personagens traem um ao  outro várias vezes em todas as três versões, a autora exagerou nisso e eu fiquei com muita raiva. Outro fator maçante na narrativa foi a quantidade de encontros e desencontros. Durante o livro inteiro só o que acontece é desgraça atrás de desgraça, quando você acha que eles vão ser felizes...  PLAU e eles se desencontram de novo. Ficou chato e extremamente repetitivo. 
    É tanta desgraça que mesmo achando os personagens nojentos e mesquinhos em alguns momentos,  é praticamente impossível não torcer pra eles ficarem juntos no final e eu me decepcionei bastante com os finais também. Achei todos os três corridos, apressados, a impressão que deu foi que nem mesmo a autora estava contente com sua trajetória e resolveu escrever "qualquer coisa" pra terminar logo o livro. 
    Apesar de todas as minhas ressalvas e de ter dado uma nota tão baixa ao livro, ele aborda alguns temas interessantes durante seu desenvolvimento. Como as dificuldades que um casamento enfrenta; a maternidade; a "paternidade" ausente e algumas outras coisas, então se você gosta de um desafio e de histórias onde os casais sofrem o livro todo pra só ficarem juntos na última página, este livro é pra você. Uma verdadeira novela mexicana.

23 comentários:

  1. Que livro lindo <3 A diagramação é muito fofa e a história parece ser bem bacana também! Amei <3 Um beijo : *

    www.fleurdelune.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A diagramação é fofa mesmo, tenho que confessar!

      Excluir
  2. Ai que resenha mais linda gente, realmente gostaria muito de ter a oportunidade de realizar a leitura desse livro, além do mais a edição está um arraso.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Hey, Thai!

    Nossa, que confusão.. rsrs
    A proposta pode ser legal, mas não me chamou a atenção, não.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Ela tinha a faca e o queijo na mão, mas não soube cortar.

      Excluir
  4. oi ^^
    menina eu vi esse livro e achei interessante, mas fiquei muito com o pé atrás e ainda bem que não li.
    a proposta é bem legal mesmo, mas é ruim quando o autor não sabe trabalhar na sua obra e da uma bagunçada nas coisas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Né? Ai, a história ficou muito bagunçada. Não fosse por isso... daria um livro bom.

      Excluir
  5. Olá Thaísa!

    para ser bem sincera a premissa não chamou a minha atenção. E lendo sua resenha e o tanto de ressalvas que coloca e por saber através dela que para mim, seria uma leitura cansativa. Não sei se daria uma chance ao livro. A diagramação está impecável, a capa é linda, porém o enredo pelo pouco que tive acesso, não me agradou tanto.
    Achei a resenha perfeita, muito informativa e isso me agrada bastante.

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Bella, que bom que gostou. Eu faço o meu melhor!

      Excluir
  6. Apesar de ser um livro todo cheio de detalhes fofos a história não me agradou. Obrigada por falar sobre as traições, é um dos pontos que eu mais odeio num livro, saber que tem em excesso me desmotivou na leitura. Então, obrigada pela resenha mas desta vez deixarei a leitura passar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angel, que bom, pelo menos serviu pra te alertar né? Odeio traições em livros também!

      Excluir
  7. Desde que vi sobre o lançamento desse livro que desejo muito ler, e a cada resenha, cada foto maravilhosa minha vontade só aumenta! Espero ler em breve! ótima resenha e fotos! Beijoooos

    ResponderExcluir
  8. Sabe que eu estava mais do que empolgada para ler esse livro, afinal a ideia é incrível e quem é que nunca se perguntou como seria se algo tivesse sido diferente...
    Pela sua resenha, além de confuso (algo que eu senti no inicio do livro e por esse motivo acabei deixando ele meio de lado) parece que não foi um enredo bem aproveitado. Poxa, se tem tres versões é mesmo necessário as mesmas coisas acontecerem nelas? Digo isso pelo seu comentário da traição... uma delas poderia ser se isso, né? sei lá...
    ainda quero ler, mas com certeza sem mais tanta empolgação...
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  9. Oi. vi outra resenha desse livro, no geral, gostei da ideia, apesar de não curtir os livros da editora, por isso, não me arrisco a comprar, mesmo assim, vou continuar acompanhando resenhas e quando possível, dar uma foleada e quem sabe mudar de ideia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Ultimamente os títulos da Novo Conceito também vem me decepcionando muito :/

      Excluir
  10. Adorei a diagramação, e apesar dos clichÊs e tal, o que me deixa com vontade de lê-lo ferozmente e essa sua cara de novela mexicana, amo novelas mexicanas..rs

    ResponderExcluir
  11. Que pena que as três histórias acabaram tendo elementos semelhantes, como a traição. Dá até raiva em pensar que há experiências que enfrentamos que parecem impossíveis de serem evitadas, como se estivessem destinadas a acontecer. Ah, prefiro crer que não é assim (rs). Gostei da dinâmica do livro, no entanto. Só por isso já leria!

    Beijos!
    http://www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  12. Amo a Novo Conceito, mas confesso: estou um pouco cansada de livros interativos. O último que garanti e amei, por sinal, foi o novo livro da Tammy Luciano, que tem poesias lindas e uma interação que não cansa, que combina com o conteúdo. Fora isso, não curto muito livros em que o foco é escrever, muito embora não seja o desse. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  13. Mais um pra lista: Mal necessário ou livros ruins que devem ser lidos hahaha. Fico trapista em saber que a finais tbm são ruins pq eu não pago um livro de 384 páginas esperando conteúdo médio não. Conteúdo médio ei quero em 200.mas, que bom que você conseguiu achar coisas boas no livro e não se prendeu só na decepção com os finais e a mesquinharia do casal. Rs.

    ResponderExcluir
  14. Oie
    que linda a edição e a capa, to bastante curiosa desde que lançou pois amo esse gênero romântico e esse enredo está me conquistando muito

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.