Resenha: Minha vida mora ao lado, Huntley Fitzpatrick

9 de janeiro de 2017

"Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e... Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe. Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios? Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?"

Título: Minha vida mora ao lado | Autora: Huntley Fitzpatrick | Editora: Valentina | Ano: 2015 | Páginas: 320 | Nota: 4 | Skoob | Goodreads  

   Olha só quem voltou! Ano novo, novas metas e muitas ideias pra inovar também o blog. Fiquei alguns dias ausente, aproveitando as festas com a família e os amigos, mas estou de vota e com muito conteúdo bacana pra mostrar pra vocês. Hoje eu trouxe a primeira resenha do ano, bora lá?
   2016 foi um ano ruim, porém cheio de leituras bacanas, 2017 já começou bem. Minha vida mora ao lado e a segunda obra de Huntley que eu leio e assim como o primeiro (veja a resenha aqui) se trata de um romance leve e divertido, mas contendo muitas lições bacanas. Principalmente sobre família. 
    Os personagens não são nada complexos, são bem construídos e com personalidades atraentes, mas também não são muito profundos. Bem como o enredo, que como eu já disse, é leve. Mas a escrita é gostosa e muito fluida, tornando o desenrolar dos fatos muito gostoso de se acompanhar. Um dos poucos pontos negativos é que, em alguns momentos tive a impressão de a autora ter "enchido linguiça" com alguns fatos não tão necessários assim.
    Senti fata de uma reviravolta chocante, um plot-twist que me surpreendesse e Huntley não soube me dar esse tipo de reação em nenhuma das suas duas obras que li até agora. São obras gostosas de ler e conseguem entreter, fazer passar o tempo, daqueles romances água com açúcar que a gente lê de vez em quando pra quebrar uma ressaca literária ou coisa do tipo. 

4 comentários:

  1. Oi Thaísa
    Não conhecia a autora, mas adorei a resenha e vou tentar achar o livro!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei da sua resenha. Me deu vontade de ler.
    Quando eu tiver um tempinho vou querer ler.

    Xoxo,
    Jenny Lira

    www.haironfiree.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.