Eu Te Darei o Sol, Jandy Nelson

22 de março de 2017

"Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia.
Mal-entendidos, ciúmes e uma perda trágica os separaram definitivamente. Trilhando caminhos distintos e vivendo no mesmo espaço, ambos lutam contra dilemas que não têm coragem de revelar a ninguém.
Contado em perspectivas e tempos diferentes, Eu Te Darei o Sol é o livro mais desconcertante de Jandy Nelson. As pessoas mais próximas de nós são as que mais têm o poder de nos machucar."

Título: Eu Te Darei o Sol | Autora: Jandy Nelson | Editora: Walker Books| Ano: 2015 | Páginas: 429 | Nota: 5 | Skoob

   Eu Te darei o Sol é um livro sensível e lindo, meu conselho para quem vai começar a ler essa obra literária  é ter um lencinho por perto para enxugar as lagrimas, pois serão muitas. Em três palavras esse livro contem: Arte, Perda e Amor. Nós embarcamos em um mundo de metáforas artísticas impecáveis, a dificuldade de lidar com a perda de pessoas muito importantes e a descoberta do primeiro amor e as varias outras formas de amar.
   O livro conta a história dos gêmeos Noah e Jude e alterna seus pontos de vista. As partes de Noah, intitulada O Museu Invisível, se passa quando ele e sua irmã tem treze anos e moram com os pais em uma cidade litorânea. Noah é um garoto introvertido e tímido que tem sua irmã como melhor amiga, quem ele tem uma conexão forte e quase sobrenatural, os dois são jovens artistas talentosos mas com interesses diferentes, essas divergências vão mudando a relação dos gêmeos ao longo do livro.
   Nas partes de Jude, chamada de A História da Sorte, os irmãos ja tem dezesseis anos e seguiram caminhos completamente opostos durante esses 3 anos, Jude esta em uma escola preparadora para artistas e encontra dificuldade para fazer amigos, enquanto Noah frequenta o colégio da cidade tem uma namorada e é popular, nesse meio tempo os gêmeos sofrem uma perda terrível e enfrentam dificuldades para lidar com ela.
   Os personagens são carismáticos e possuem historias complexas, até aqueles que não são principais merecem um destaque especial, como: Oliver, um devasso brincalhão que participa da história dos gêmeos em momentos diferentes e Guilhermo, um escultor brilhante que vira o mentor de Jude quando ela decide se aprofundar na sua arte.
   Nesse livro encontrei dois temas que me agradam muito que é arte e a temática LGBT+, eu acabei me identificando muito com o Noah, com as dificuldades dele de socializar ou ser o que as pessoas esperam que ele seja, a paixão dele por arte mexeu comigo e tudo que acontecia na vida dele parecia que estava acontecendo comigo, Noah descobre que não é hétero e tem dificuldades em lidar com isso mais pra frente, mas essa seria a unica parte que não me identifiquei.
   A história é escrita com uma riqueza de detalhes imensa e te deixa preso do inicio ao fim, Jandy Nelson nos leva em uma jornada repleta de arte e paixão, com direito até a superstições bobinhas e redistribuição de planetas em troca de desenhos.


26 comentários:

  1. Eu sou apaixonada por este livro, aliás, sou fã da autora. A forma como a autora trabalhou o homossexualismo foi de uma delicadeza ímpar. E concordo contigo em relação ao lencinho, para mim foi preciso mesmo.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, esse livro entrou para minha lista de favoritos assim que o li, e concordo plenamente sobre seu comentario de como a autora tratou a sexualidade do Noah c:

      Excluir
  2. Olá Nádia, tudo bem?

    Não conhecia o livro e a autora. Parece que de fato você ficou envolvida com a obra, pelo o que pude perceber você realmente gostou da leitura. Sobre o tema, não enche meus olhos, a temática LGBT não é algo que me conquiste, todavia parece ser um bom livro, bem reflexivo.
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo sim e você? c: fico triste em saber que não seja um tema bacana para você porem se essa é sua unica ressalva sobre essa leitura saiba que a sexualidade do Noah não é sua característica mais interessante e o livro vai muito alem de quem ele beija ou deixa de beijar hehe

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?

    Não conhecia a autora, mas essa temática não é algo que eu leria.
    Parabéns pela resenha


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo sim e você? Jandy Nelson é bem novinha na cena, só tem dois livros publicados e muito obrigada pelo elogio <3

      Excluir
  4. Olá!
    Não fazia a ideia de que o livro trazia a temática do LGBT a tona, sempre via essa capa e ficava com vontade de ler. Saber que o livro é bem escrito e sensível já faz com que eu tenha mais interesse em ler em breve.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Camila!! Minha recomendação é que comece a leitura e tenho certeza que não vai querer parar! Beijos c:

      Excluir
  5. Oi Nádia!
    Ganhei este livro, Eu te darei o sol ano passado, mas ainda não liç Esta aqui, na minha lista infindável...rs
    Se eu ja estava curiosa, depois da sua ótima resenha fiquei ainda mais. Com estas temáticas, arte, perdae amor, não tem como não ser bom!
    Não sei se a Jandy Nelson tem outros livros, mas eu ainda nao conhecia sua escrita.
    Vou ler e volto para te contar o que achei, ta?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Claudia! Obrigada pelo elogio! Sugiro que comece a leitura pois vai se apaixonar assim como eu haha, Jandy Nelson só tem mais um livro publicado, alem desse, chamado 'O Ceu Esta Em Todo Lugar', também muito bem escrito porem não foi muito de meu agrado.
      Volte sim! Estarei esperando. c:

      Excluir
  6. Li esse livro ano passado e gostei muito. O que mais gostei foram os gêmeos, e o fato deles não serem perfeitos. No começo eu pensei que a Jude era uma chato mais ao longo do livro fui percebendo que o Noah também fazia coisas bem babacas (posso falar palavrão?).
    E quando terminei o livro consegui me identificar com esse lado não perfeito dos personagens. Com isso de mesmo não querendo acabar magoando quem a gente ama.
    É um ótimo livro, mais pessoas deveriam ler ele.
    E ah, gostei da resenha :)

    Epílogo em Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!! A imperfeição dos gêmeos, e até de outros personagens, é o que o que fazem eles mais humanos, ao longo da leitura vemos os personagens crescerem, e crescer é se machucar e acabar machucando alguém, foi uma bela sacada da autora. Ah e brigada pelo elogio!

      Excluir
  7. Olá tudo bem?
    Gostei muito de saber melhor sobre o livro e os temas que ele aborda. Fiquei bem feliz em saber que foi uma ótima leitura para você, mas eu não leio LGBT, não é um tema que me agrada então dessa vez vou deixar a dica passar.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo sim e você? Fico feliz em ter te ajudado a conhecer melhor esse livro mesmo que não seja uma coisa que leria c:

      Excluir
  8. Eu ainda não li o livro mas sei que ele é sim emocionante e que traz mensagens inspiradoras. Gostei bastante da sua resenha e de poder ver o que você achou da leitura. Espero ler em breve e que a leitura possa me agradar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Leia sim, não irá se arrepender!! E obrigada pelo elogio c:

      Excluir
  9. já tinha ouvido falar desse livro logo quando foi lançado,até que fiquei um pouco curiosa com ele,mas pelo fato de possuir capítulos longo, acabei desanimando... prefiro capítulos mais curtos...

    contudo,achei interessante a questão da alternância entre o ponto de vista dos gêmeos...
    bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie! Não se intimide pelo tamanho do livro, se você der uma chance para a leitura nem vai ver tempo passar cc:

      Excluir
  10. Pela forma com que você falou, o livro parece ser lindo e mesmo não sendo o tipo de leitura que procuro, fiquei interessada em ler. Principalmente por conta de Noah. Não sei porque, mas fiquei curiosa em relação a ele, sabe?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Noah foi quem me atraiu para a leitura também, sugiro que dê uma chance ao livro ele pode te surpreender <3

      Excluir
  11. Olá, tudo bem?
    Eu já tinha visto a capa desse livro, mas confesso que nunca me interessei muito em saber do que se trata. Além disso, ainda não conheço nenhum trabalho da autora.
    No entanto, pela sua resenha percebi que você gostou bastante do livro e que foi uma leitura que te emocionou bastante. Gostei de saber que são abordados temas difíceis e complexos, e senti que os personagens são muito humanos, algo que me atrai muito em um livro.
    Adorei a sua resenha e já vou adicionar esse livro na minha lista de desejados.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo bem sim e você?
      Fiquei muito feliz em saber que tenha influenciado no seu interesse em ler esse livro, a autora só possui dois livros incluindo esse, e 'Eu Te Darei o Sol' foi definitivamente meu favorito. Quando começar a leitura não vai querer parar. :3

      Excluir
  12. Esse é um livro que está na minha lista, mas eu tinha uma certa dúvida se o colocaria na meta para este ano.
    Acho que por eu não ter lido ainda alguma resenha que me impactasse como esta, consegui sentir com clareza o que esta história pode me proporcionar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitas pessoas ainda não conhecem o trabalho da Nelson, fico feliz que minha resenha influenciou na sua vontade de ler o livro, era essa a intenção!! c:

      Excluir
  13. Oi, tudo bem?
    Acho interessante a temática do livro, mas confesso que desde que foi lançado nunca tive muita vontade de ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem sim e você?
      É um livro bem peculiar mesmo mas tem uma leitura bem envolvente, se der uma chance não vai se decepcionar. c:

      Excluir

Tecnologia do Blogger.