O que eu li em Março

14 de abril de 2017
   No resumo que eu fiz de Janeiro e Fevereiro (veja aqui) eu contei pra vocês que estava meio devagar nas leituras não é mesmo? Bom, parece que Março já foi diferente, consegui ler bastante coisa, inclusive alguns livros que estavam "esquecidos" na minha estante há algum tempo. No total foram 9 leituras durante o mês, sendo 7 livros e 2 graphic novels. Vamos ver o que rolou?

O que eu li
   Iniciando as leituras com Até o fim do Mundo de Tommy Wallach (veja resenha aqui) um livro leve e filosófico pra ler no final de semana, dei continuidade aos trabalhos com Sejamos todos feministas da autora Chimamanda Ngozi Adichie, o qual eu não fiz resenha, mas tive uma experiência ótima. Li o livro em poucas horas. O lado feio do amor da Colleen Hoover já estava na minha estante há um bom tempo (desde a Bienal 2016) e só agora tive a oportunidade de ler (veja a resenha aqui).
   Nunca Jamais também da Colleen em parceria com Tarryn Fisher também foi lido em uma sentada, coisa rápida e também já tem resenha (veja). Rock Star da autora S.C Stephens, apesar de suas mais de 500 páginas, foi um livro delicioso de ler (veja a resenha). A Promessa da Rosa e seu spin-off A Sombra da Rosa são romances de época nacionais que eu tive o prazer de ler (veja aqui a resenha).

   Além dos livros eu investi em algumas graphic novels e foram elas Batman: A piada mortal (resenha) e O muro (resenha) as quais eu adorei e vejo que vocês também se interessaram bastante.
   Bom, essas foram as leituras de Março e espero que vocês tenham gostado do breve resumo, volto logo pra contar quais foram as leituras de Abril!

Um comentário:

  1. Olá!!
    Colleen Hoover não pode faltar, né? Hahah. Sou apaixonada nessa mulher. Leio até lista de compras dela! Hahah.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.