A Casa do Lago, Kate Morton

31 de julho de 2017

Sinopse: “A casa da família Edevane está pronta para a aguardada festa do solstício de 1933. Alice, uma jovem e promissora escritora, tem ainda mais motivos para comemorar: ela não só criou um desfecho surpreendente para seu primeiro livro como está secretamente apaixonada. Porém, à meia-noite, enquanto os fogos de artifício iluminam o céu, os Edevane sofrem uma perda devastadora que os leva a deixar a mansão para sempre. Setenta anos depois, após um caso problemático, a detetive Sadie Sparrow é obrigada a tirar uma licença e se retira para o chalé do avô na Cornualha. Certo dia, ela se depara com uma casa abandonada rodeada por um bosque e descobre a história de um bebê que desapareceu sem deixar rastros. A investigação fará com que seu caminho se encontre com o de uma famosa escritora policial. Já uma senhora, Alice Edevane trama a vida de forma tão perfeita quanto seus livros, até que a detetive surge para fazer perguntas sobre o seu passado, procurando desencavar uma complexa rede de segredos de que Alice sempre tentou fugir. Em A Casa do Lago, Kate Morton guia o leitor pelos meandros da memória e da dissimulação, não o deixando entrever nem por um momento o desenlace desta história encantadora e melancólica“

 Título:  A Casa do Lago | Autora: Kate Morton | Editora: Arqueiro| Ano: 2017 | Páginas: 464  | Nota: 3/5  | Skoob


 Hey pessoal, hoje estou aqui pra falar sobre o livro “A Casa do Lago” que foi cedido pela parceria com a editora Arqueiro. Quando recebi já fiquei super entusiasmada, além do livro ele veio com bloco de anotação e um lápis, a capa dele é toda azul com tons que te dão a impressão de estar dentro do lago. 

 Acreditem ou não apesar da capa ter essa nuance toda romântica o livro trata-se de um suspense e irá nos mostrar a história da família Edevane em 1993, e também a história da detetive Sadie que se passa no ano de 2003 e se cruzara com o mistério desta família.

 Essa história começa na festa de comemoração do solstício de verão, dada por Eleanor Edevane e Anthony, tudo corria perfeitamente bem, seus filhos Deborah, Alice, Clementine e Theo o mais novo da casa, aguardavam ansiosos para a comemoração. Mas algo horrível aconteceu e mudou a vida de todos, Theo de apenas onze meses desapareceu sem deixar vestígios e todas as investigações a respeito desse caso nunca descobriram nada.

 Setenta anos depois, Sadie uma detetive que foi forçada a se afastar de um caso, está atualmente passando um período na casa do avô na Cornualha e neste tempo Sadie que tem o hábito de correr acaba encontrando o antigo lar da família Edevane, que nunca vendeu a propriedade em meio a uma antiga floresta. Seus instintos lhe dizem que algo aconteceu naquele lugar e durante suas investigações Sadie descobre sobre a tragédia na casa do lago. A necessidade de solucionar esse mistério irá leva-lá até um membro da família Edevane que ainda está vivo e mora em Londres e poderá lhe dar informações valiosas para desvendar este crime de uma vez por todas.

 O que terá acontecido com o pequeno Theo? Quem está envolvido nesse crime? Você irá se emocionar e surpreender com essa linda história. Achei a leitura intrigante e a trama foi muito bem desenvolvida, sinto que o único ponto que me incomodou foi esse malabarismo entre regressar a história ocorrida no passado e este desfecho no presente.




2 comentários:

  1. Poxa melhor resenha, não tem como não querer conhecer o livro depois disso, realmente existe pessoas que tem o dom da explicação, contínua fazendo sempre, agradeço muito, que ótimo trabalho! ❤️

    ResponderExcluir
  2. Não conheço a autora e nem o livro, gostei da sinopse. Gosto deste tipo de suspense sobre uma família, com acção entre o presente e o passado. Obrigado pela dica :)

    Bitaites de um Madeirense

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.