Como agarrar uma herdeira, Julia Quinn

10 de setembro de 2017

Sinopse: "Quando Caroline Trent é sequestrada por engano por Blake Ravenscroft, não faz o menor esforço para se libertar das garras do agente perigosamente sedutor. Afinal, está mesmo querendo escapar do casamento forçado com um homem que só se interessa pela fortuna que ela herdou. Blake a confundiu com a famosa espiã espanhola Carlotta De Leon, e Caroline não vai se preocupar em esclarecer nada até completar 21 anos, dali a seis semanas, quando passará a controlar a própria herança milionária. Enquanto isso, é muito mais conveniente ficar escondida ao lado desse sequestrador misterioso. A missão de Blake era levar “Carlotta” à justiça, e não se apaixonar por ela. Depois de anos de intriga e espionagem a serviço da Coroa, o coração dele ficou frio e insensível, mas essa prisioneira se prova uma verdadeira tentação, que o desarma completamente."

Título: Como agarrar uma herdeira | Autora: Julia Quinn | Série: Agentes da Coroa #1 | Editora: Arqueiro | Páginas: | Nota: 4/5 | Skoob | Livro cedido em parceria com a Editora para divulgação

   Este ano tenho me dedicado um pouco aos romances de época e me apaixonado pelo gênero, minha primeira experiencia foi com Julia Quinn na série Os Bridgertons e desde então quero ler tudo da autora, ou seja, eu não poderia deixar passar este lançamento não é mesmo? Como agarrar uma herdeira é o primeiro volume da nova série da autora, Agentes da Coroa e hoje eu vou falar um pouco do que eu achei da obra.

   O livro já começa com um cenário turbulento: Caroline em sua tentativa de fugir de um assédio por parte do filho de seu tutor legal acabou atirando no mesmo e se encontra desesperada e com medo de ser acusada de assassinato, então ela decide fugir até completar 21 anos quando se tornará independente e poderá reivindicar sua herança por direito. Amei logo de cara, adoro uma confusão dentro de enredos literários e adoro mais ainda a forma como Julia é criativa neste quesito. 

  Nem preciso dizer que a série é completamente diferente de Os Bridgertons, sem todos aqueles bailes de temporadas e mães casamenteiras, mas ainda sim contém a essência dos romances históricos. Achei os personagens muito bem construídos e a forma com que cada um foi inserido na história foi bem legal também.

   O romance não é de tirar o fôlego, mas é muito encantador e sedutor sim, de certo modo tem seu charme. Poderia ter tido um pouco mais de drama, um pouco mais de obstáculos, mas deu pra torcer bastante pelos personagens e seu final feliz.

   É um ótimo livro, porém finalizei a leitura com a sensação de que faltou algo, de que poderia ter sido melhor. O jeito é esperar pra ver como a série irá se desenvolver, portanto minha nota não foi a máxima. 
    Quanto a edição achei a capa bem delicada e romântica, faz jus à personagem de Caroline e ao contexto também, recomendo o livro pra quem gosta do gênero e também pra quem esteja começando a ler romances de época. 

2 comentários:

  1. OI, Taísa. Vi uma resenha negativa sobre a obra justamente por ela ser tão diferente dos outros romances da autora, talvez por conter mais ação que o romance propriamente dito e fiquei bem receosa de ler a história, mas estou um pouco mais animada.
    Beijos
    http://www.leitoraencantada.com/

    ResponderExcluir
  2. Acredita que nunca li nada da Julia Quinn?!
    Adorei a capa e a sinopse, está na minha infinita lista de leitura
    hehehehehee

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.