O Coração da Esfinge, Colleen Houck

22 de setembro de 2017

"Lily Young achou que viajar pelo mundo com um príncipe egípcio tinha sido sua maior aventura. Mas a grande jornada de sua vida ainda está para começar. Depois que Amon e Lily se separaram de maneira trágica, ele se transportou para o mundo dos mortos – aquilo que os mortais chamam de inferno. Atormentado pela perda de seu grande e único amor, ele prefere viver em agonia a recorrer à energia vital dela mais uma vez. Arrasada, Lily vai se refugiar na fazenda da avó. Mesmo em outra dimensão, ela ainda consegue sentir a dor de Amon, e nunca deixa de sonhar com o sofrimento infinito de seu amado. Isso porque, antes de partir, Amon deu uma coisa muito especial a ela: um amuleto que os conecta, mesmo em mundos opostos. Com a ajuda do deus da mumificação, Lily vai descobrir que deve usar esse objeto para libertar o príncipe egípcio e salvar seus reinos da escuridão e do caos. Resta saber se ela estará pronta para fazer o que for preciso. Nesta sequência de O Despertar do Príncipe, o lado mais sombrio e secreto da mitologia egípcia é explorado com um romance apaixonante, cenas de tirar o fôlego e reviravoltas assombrosas."
Título: O coração da esfinge | Autora: Colleen Houck | Editora: Arqueiro | Páginas: 368 | Nota: 4/5 | Skoob | Livro cedido em parceria com a Editora para divulgação 


   Antes de mais nada leiam a resenha do livro anterior O despertar do príncipe, para pouparem a si mesmos de possíveis spoilers. Eu me apaixonei pela série A Maldição do Tigre, também da Colleen, então fiquei muito animada pra ler Deuses do Egito e confesso que demorei bastante pra ler o segundo volume, que eu só consegui graças a parceria com a Arqueiro maravilhosa. Mas chega de enrolação e vamos lá, vou contar o que eu achei do livro.

   O livro começa com Lily seguindo sua vida de forma desolada após se separar de Amon de maneira bem triste, agora a conexão entre os dois é a única coisa que lhe restou, mas é óbvio que as aventuras na vida da garota só estão começando e não demora muito pra que o caminho de Lily seja guiado novamente para o de seu amado. Desta vez ela tem uma espécie de missão e seu papel é extremamente importante.

   Como fazia um bom tempo que eu tinha lido o primeiro livro, demorei algumas páginas pra me situar novamente do que estava ocorrendo, mas logo me encontrei. Achei a narrativa um pouco mais lenta neste segundo volume da série, a leitura demorou pra fluir, decolar. Porém gostei do fato de que a mitologia egípcia foi mais aprofundada, o que é extremamente necessário pra que vejamos sentido na história como um todo.

   O final poderia ter sido melhor trabalhado e com mais cautela, mas me deixou muito curiosa pra saber o que virá no próximo livro,"Reunited" que foi publicado em Agosto deste ano lá fora e ainda não tem data para sair no Brasil. Enquanto isso eu vou matar a saudade dos personagens lendo o prequel da série "O Duelo dos Imortais" que nos conta o início de tudo antes dos caminhos de Lily e Amon se cruzarem. 

   Preciso concluir recomendando fortemente os livros da autora para pessoas que gostam de se aventurar em enredos completamente diferentes. Cansados da mesmice ou de livros "mais do mesmo"? Leiam Colleen Houck.

Um comentário:

  1. vezemquando tbm me sinto perdida em continuações, se demoro muito tempo pra emendar um livro no outro... sobre a autora, tentei ler A maldição do tigre mas a escrita dela não fluiu bem comigo, abandonei em poucas páginas... tentei ler o primeiro dessa série mas tbm não rolou... bom que pra vc a escrita dela te empolga...

    bjs...

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.