Querido John, Nicholas Sparks

18 de outubro de 2017
"Após uma juventude de rebeldia e bebedeira, John Tyree decidiu dar início a um novo capítulo em sua vida e se alistou no Exército. Um ano depois, agora um novo homem, ele retorna a Carolina do Norte para passar um tempo com o pai. Uma tarde, ele conhece a garota de seus sonhos. Além de ser linda, Savannah é amigável, de sorriso fácil, um exemplo de boa conduta e altruísmo. Um sentimento arrebatador nasce entre os dois. No entanto, John precisa voltar para a Alemanha a fim de concluir o serviço militar. Savannah decide esperar por ele, enquanto o jovem soldado promete que, após esse período, vai ficar para sempre ao lado da mulher que conquistou seu coração. O que nenhum dos dois poderia esperar eram os eventos do 11 de Setembro. Enquanto John entra em combate no Iraque, Savannah precisa reunir forças para superar a dor da distância. Nesse cenário de saudade e incertezas, uma simples carta pode mudar a vida dos dois para sempre." 


Título: Querido John | Autor: Nicholas Sparks | Editora: Arqueiro | Páginas: 256 | Nota: 3/5 | Skoob | Livro cedido em parceria com a editora para divulgação

   Adivinha quem foi a lerda que só leu Querido John em 2017? Eu já havia visto o filme, há anos atrás logo quando foi lançado e lembro de ter gostado, mas não o suficiente pra ler. Alguns outros eventos posteriores também me fizeram desanimar com as obras de Nicholas Sparks, estava decidida de não ler nenhum de seus livros nunca mais, porém aqui estou eu mordendo a língua pois me rendi a esta nova capa maravilhosa da Arqueiro e dei mais uma chance ao autor. 

   Apesar de já ter visto o filme eu não lembrava praticamente nada, apenas os nomes dos personagens e o fato de que John fazia parte do Exército, mais nada. Nada. Então foi como se eu nunca tivesse visto o filme, consegui aproveitar muito bem a leitura. A narrativa me prendeu logo de início, apesar de detalhista demais, adorei ver a história do ponto de vista de John. 


   O enredo é bem interessante, nem tanto pela parte do romance em si, fiquei muito mais interessada mesmo nas partes em que narravam o dia a dia de John em seu pelotão, a rotina e também o desespero nas épocas de Guerra e atentados como o do dia 11 de Setembro (mencionado no livro). Já o casal, mesmo sendo fofo, não me cativou tanto. Savannah é bem sem graça, arrogante e não se trata de um amor lindo que nos faz chorar e emocionar, apenas torcer - de leve - para que eles fiquem juntos logo. 

   De acordo com o desenvolvimento da história o final do livro ia ficando cada vez mais previsível. Alguns personagens foram evoluindo, outros nem tanto, mas como eu disse no começo, por algum motivo fiquei presa ao livro e não consegui largar nem por minutos para poder terminar logo e descobrir se estava ou não certa sobre o final. 

   O final me decepcionou bastante. Apesar de já ter visto o filme, pois como eu disse não me lembrava de nada, nem mesmo de como a história acabava, terminou não sendo nada previsível. Esperava um final "feliz" depois de uma trajetória com tantos desencontros, não que tenha sido triste, só não era o que eu tinha em mente. Fiquei mais uma vez desgostosa, dessa vez não pela escrita do autor, mas pelo final. Será que algum dia vou achar algum livro do Nicholas Sparks que eu ame?


7 comentários:

  1. Oi Taisa tudo bem?
    Teve uma vez que tive uma febre do ano, de comprar todos os livros do Nicholas, antes eu lia me deliciava e chorava horrores, mas atualmente não estou a gostar tanto como gostaria, gostei de saber sua opinião, quem sabe vá gostar quando for ler naqueles dias tristes sabe?! aauhauaahuahau uma dica apenas. Mas, quem sabe futuramente eu volte a lê-lo.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Hey!

    Eu não vi o filme, nem li o livro kkk... Não sei por qual motivo, mas não costumo me interessar pelas obras do Nicholas...

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu li esse livro já faz alguns anos, mas lembro que me emocionei bastante com o enredo e também esperava um final mais feliz.

    ResponderExcluir
  4. Pena que o final te decepcionou... Os primeiros livros que li do Nicholas quase me fizeram desistir dele, achei que nunca fosse encontrar um que eu amasse mas aí No seu olhar chegou às minhas mãos. Achei incrível e me apaixonei pelo enredo. Acho que eu ia curtir essa parte da rotina no pelotão.

    ResponderExcluir
  5. Já li o diário de uma paixão e meio que senti essa decepção com o casal que você sentiu em querido john. Tem algo na escrita do nicholas que me decepciona e é difícil de eu ter vontade de ler algo.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  6. Hahahahaha rindo com ‘a lerda’, li esse livro tem um tempinho e não gostei, achei uma overdose de melação, não me relaciono bem com esse romantismo comercial, infelizmente, pois havia comprado o livro.

    ResponderExcluir
  7. Oie como vai?
    Eu realmente não gosto desse autor, tentei ler obras dele mas sei lá pra mim não funciona, acho enrolado, lento e beeem sem graça kkkk

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.