Asiáticos podres de ricos, Kevin Kwan

by - segunda-feira, maio 21, 2018


"Best-seller internacional que inspirou uma das mais aguardadas adaptações cinematográficas do ano. Quando Rachel Chu chega a Cingapura com o namorado para o casamento de seu melhor amigo, imaginava passar dias tranquilos com uma simpática família. Só que Nick não mencionou alguns detalhes, como o fato de sua família ter muito, muito dinheiro, que ela viajaria mais em jatinhos particulares do que de carro e que caminhar de mãos dadas com um dos solteiros mais ricos da Ásia era como ter um alvo nas costas. Logo, Rachel percebe que não será poupada das fofocas e intrigas. Isso sem falar na mãe de Nick, uma mulher com opiniões bem fortes sobre com quem o filho deve – ou não – se casar. Um passeio pelos cenários mais exclusivos do Extremo Oriente – das luxuosas coberturas de Xangai às ilhas particulares do mar da China Meridional –, Asiáticos Podres de Ricos é uma visão do jet set oriental por dentro. Com seu olhar satírico, Kevin Kwan traça um retrato engraçadíssimo do conflito entre os novos-ricos e as famílias tradicionais em seu romance de estreia, que já fez milhares de leitores chorarem de tanto rir no mundo todo."

Título: Asiáticos Podres de Ricos | Crazy Rich Asians #1 | Autor: Kevin Kwan | Editora: Record | Ano: 2018 | Páginas: 490 | Skoob | Livro recebido em parceria com a editora para divulgação

   Asiáticos podres de ricos chegou em uma caixinha do VIB e a expectativa sobre ele era muito alta. Vi várias resenhas positivas e achei o enredo do livro muito interessante, não via a hora de começar a leitura. Mas devo adiantar à vocês, caros leitores, que foi uma decepção tamanha. Não consegui de forma alguma me conectar com o livro e a história contada por Kevin Kwan. 


   Todo leitor sabe que, com uma narrativa boa e convidativa, o livro pode ter quantas páginas forem que vai te conquistar ainda sim e a leitura fluirá perfeitamente. Já cheguei a ler livros com  600 páginas em questão de dois dias, mas Asiáticos podres de ricos com apenas 490 foi uma tortura pra mim. Existem na história milhares de personagens diferentes e Kevin sentiu necessidade de explicar a personalidade de cada um deles e seus papeis dentro da máfia oriental. Fugindo várias vezes do enredo principal, tornando a leitura cansativa e aumentando consideravelmente uma quantidade de páginas que, ao meu ver, seriam desnecessárias. 

   Os personagens principais, Rachel e Nick, são até bem construídos, mas o relacionamento deles poderia ter sido melhor explorado se não houvessem tantas outras coisas acontecendo ao mesmo tempo no livro. Senti como se estivesse em meio a uma avalanche de informações e eu não sabia a qual dar mais atenção, ficou muito confuso mesmo. Os diálogos entre o casal também são bem fracos e não gerou empatia suficiente que me fizesse torcer pelos dois. 


   Levando em conta o fato de que se trata de uma série e este é apenas o primeiro livro, acredito que muita coisa poderia ter sido deixada para outros volumes, reduzindo o livro para no máximo duzentas páginas interessantes. Repito, o problema não é a quantidade de páginas que o livro traz, mas sim a quantidade de informações desnecessárias numa narrativa densa

   Outro ponto negativo para mim foi que a realidade onde os personagens vivem não me atrai nem um pouco, todo esse luxo e vida ao estilo "Gossip Girl" não faz o meu tipo. Eu comecei a leitura muito interessada no romance, o que teve bem pouco e deixou a desejar.

   Dei apenas duas estrelas porque, afinal, o livro não é de todo péssimo. Tem um humor bacana e achei interessante ler algo sobre a cultura chinesa, a qual eu nunca tinha lido nada sobre. Então não sei bem a quem recomendar o livro, mas se por algum acaso você já leu e gostou venha conversar comigo. Contem aí nos comentários o que acharam da leitura.

You May Also Like

0 comentários

Tecnologia do Blogger.