Dica de filme: Irreplaceable you

by - segunda-feira, maio 07, 2018


"Abbie e Sam se conhecem desde os oito anos de idade e acreditam ser almas gêmeas, destinados a ficar juntos para sempre. Mas tudo muda quando um deles recebe a notícia de que tem câncer terminal".

Filme: Perfeita para você / Irreplaceable You | Direção: Stephanie Laing | Roteiro: Bess Wohl | Gênero: Romance | Duração: 1h 36min | Lançamento: Fevereiro de 2018 | Original Netflix 

   Já faz algum tempo desde a minha última dica de filme por aqui, porque na verdade já fazia um bom tempo que eu não assistia nenhum filme. Nem Liga da Justiça eu ainda não vi, percebam meu atraso. Porém semana passada recebi a visita inesperada de uma bronquite em pleno feriado prolongado e fiz o que devia fazer: fiquei debaixo das cobertas agarrada ao meu brigadeiro de panela e queria um filme pra chorar horrores. Escolhi Irreplaceable You que muitas pessoas comentaram, indicaram e disseram ser exatamente o que eu queria: um filme pra se desidratar de tanto chorar.

   A história do filme se desenvolve bem rápido e logo no começo: Abbie e Sam se apaixonaram ainda crianças, namoraram desde sempre e ficaram noivos, Abbie está suspeitando de uma gravidez. Tudo muito bonito na festa de noivado, todos estão felizes e desejando coisas boas para eles na nova casa e vida juntos. Mas quando Abbie e Sam vão visitar uma médica para obterem a certeza da gravidez eles descobrem que ao invés de um filho, Abbie carrega um câncer. Não é spoiler, está na sinopse. 

    O que preocupa Abbie, no entanto, não é saber que ela vai morrer. É não saber o que vai acontecer com Sam depois disso. Porque bem, eles namoraram um ao outro a vida toda e ela acaba subestimando um pouco a capacidade dele de se virar bem sozinho depois disso, ou de encontrar alguém. Ela teme que ele sofra por muito tempo sozinho e acaba tendo a mirabolante - e péssima - ideia de procurar uma candidata para Sam ela mesma. Aí as coisas começam a ficar um pouco interessantes.

   Confesso que achei o enredo clichê, batido, comum. A personagem de Abbie é irritante a maior parte do tempo, essa ideia de passar o pouco tempo que lhe resta procurando outra namorada pro noivo dela ao invés de aproveitar esse tempo com ele me deixou extremamente incomodada. O ponto positivo é que o filme apesar ser clichê, ele gera uma empatia bacana e permite que você chore por alguns minutos, mas dê risada também. 

   Sam é um personagem bacana. Paciente, meigo, educado, fofo. Mas também temos Myron, um senhor pra lá de irônico que Abbie conhece num grupo de apoio para pessoas com câncer onde as pessoas fazem crochê e desabafam sobre as dificuldades que enfrentam com a doença. A amizade de Abbie e Myron foi uma das coisas que eu mais gostei no filme. 

    O final é exatamente o que se deve esperar de uma história de amor onde uma das partes tem câncer. É triste, tem uma mensagem bem bonita, cumpre o papel e faz o espectador chorar, mas é só isso mesmo. Não tem aquele momento "uau" onde alguma coisa muito extraordinária acontece, o ápice do filme nunca veio. É uma obra três estrelas pra assistir na bad.

You May Also Like

1 comentários

  1. Oi Taísa
    fiquei bem decepcionada com esse filme...
    a única coisa legal nele, pra mim, foi a amizade da Abbie com o Myron!
    Abbie chata, Sam meio bananão hehehehe n gostei
    mas chorei um bocado kkkkkkkkkkkkkk

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.