A viajante do tempo, Diana Gabaldon

by - sexta-feira, junho 22, 2018


"Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?"

Título: A viajante do tempo | Outlander #1 | Autora: Diana Gabaldon | Editora: Arqueiro | Ano: 2018 | Páginas: 752 | Nota: 4/5 | Skoob | Livro cedido em parceria com a editora para resenha

   Estou encarando a tela do computador há algum tempo já, todas as vezes que eu penso em como começar esta resenha, paro, apago e começo tudo outra vez. Porque são milhares de coisas que eu gostaria de dizer e não acredito ser capaz de fazê-lo num só post. Talvez eu devesse fazer a resenha em vídeo, mas a urgência de falar sobre este livro é tamanha que eu não conseguiria esperar todo o processo de gravação e edição para contar para vocês o que eu achei do primeiro livro de Outlander.

   Como grande fã de fantasia e romances de época/históricos, já faz algum tempo que eu venho querendo ler a série de Diana Gabaldon, já adaptada e com três temporadas disponíveis na Netflix. Porém infelizmente os livros ainda têm um custo bem alto (que com certeza vale cada centavo, pois são calhamaços enormes) então quando a Arqueiro disponibilizou os três primeiros livros da série eu não pensei duas vezes em solicitar. Mas chega de enrolação porque eu tenho muita coisa pra falar.

    A leitura demorou para fluir mais tempo do que eu imaginei que levaria, cheguei por vezes a pensar que acabaria abandonando o livro. A premissa do livro é muito boa, mas a autora precisou, naturalmente, inserir bastante detalhes, personagens e fatos aos poucos para situar o leitor do cenário em que a história acontece. Só depois de 200 páginas foi que eu me vi obcecada pelo drama de Claire e não conseguia mais largar o livro. No fim, devorei as 752 páginas em menos de três dias.

    A escrita da autora é extremamente detalhista, mas este não é um ponto negativo, pelo contrário. Levando em conta que se trata de um romance histórico, misturando fantasia com alguns fatos das batalhas travadas entre Inglaterra e Escócia por volta dos séculos XIII e XIV. Os personagens são muito bem construídos, o cenário onde a história se desenvolve é bem planejado e de uma criatividade incrível. Impossível não se encantar, além é claro, de o elemento fantasia ser introduzido de forma impecável ao enredo todo.

    Não poderia deixar de mencionar que o conteúdo do livro é adulto, contendo muita dor e violência, além de cenas de sexo; estupros; batalhas entre espadas; violência contra mulher; açoites e por aí vai. Inclusive algumas cenas me incomodaram MUITO e foram bem delicadas de ler, mas tentei lembrar a mim mesma de que era assim que as coisas aconteciam naquela época e boicotar uma leitura seria querer omitir o passado. Fui até o fim e, meus amigos, QUE HINO DE LIVRO.

   Terminei a leitura sedenta pelas próximas 877 páginas do segundo volume. Apesar de algumas ressalvas, me encontro apaixonada por Jamie e Claire, personagens incríveis. Entrei oficialmente para o clube dos obcecados por Outlander e já até comecei a assistir a primeira temporada da série enquanto leio o segundo livro. Mas antes que minha resenha também vire um calhamaço enorme, me despeço recomendando o livro à todos amantes de fantasia e romances históricos. 

You May Also Like

2 comentários

  1. Oi, tudo bem?
    Morro de vontade de ler essa série. E lendo essa resenha só fiquei com mais vontade ainda, é um livro bem grande não nego e no momento não tenho tanto tempo disponível quanto gostaria para fazer essa leitura, mas assim que possível e meu tempo se ajustar irei adquirir para matar a minha curiosidade.

    Beijos da Lua!
    Cantinho da Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu, espero que consiga ler em breve e que goste, me dá um feedback depois contando o que achou. A quantidade de páginas assusta um pouco, mas vale a pena.

      Excluir

Tecnologia do Blogger.